Dona da TIM tem acordo com CDP para rede fixa nacional na Itália

Controladora da brasileira TIM, a Telecom Italia confirmou nesta segunda-feira, 4, avanços na negociação para fusão da sua infraestrutura fixa com a operadora de fibra OpenFiber – criando assim uma espécie de rede óptica nacional italiana.

Para tal, um acordo de confidencialidade (NDA, no inglês) para início das discussões foi assinado ao lado do banco estatal Cassa Depositi e Prestiti (CDP), controlado pelo Ministério da Economia italiano. A entidade detém 60% da OpenFiber, além de ser a segunda maior acionista da própria Telecom Italia.

A fusão da rede fixa com a OpenFiber mediante apoio do CDP é uma das possibilidades aventadas após a aprovação de um plano industrial para cisão de infraestrutura e serviços da Telecom Italia em duas empresas distintas. Outra alternativa seria a chegada de um sócio financeiro, como o fundo norte-americano KKR, que realizou proposta para fechar o capital da tele.

Notícias relacionadas

Vale lembrar que o mesmo KKR é sócio minoritário da Telecom Italia na FiberCop, empresa de redes neutras de última milha criada pela empresa italiana. Isso implica que mesmo que a proposta do fundo de private equity seja rechaçada, o KKR deve fazer parte das negociações de fusão da rede fixa com a OpenFiber.

Em paralelo, no final de março a Telecom Italia ainda recebeu uma proposta do fundo britânico CVC Capital Partners por uma fatia minoritária em uma futura unidade de serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.