Base 2G cresce em fevereiro, mas com possível inconsistência de dados na Anatel

Foto: Pixabay

O País encerrou fevereiro com 256,4 milhões de acessos, um crescimento de 0,30% no mês, segundo dados divulgados pela Anatel com fonte das próprias operadoras e compilados por TELETIME. O pós-pago liderou o avanço, com 0,69% a mais do que em janeiro e somando 137,4 milhões de linhas, ou 53,59% do mercado. O pré-pago, por outro lado, caiu 0,14% e totalizou 119 milhões de chips, ou 46,41% de participação. 

A tecnologia que mais cresceu em fevereiro foi o 2G, surpreendentemente. O GSM apresentar aumento não acontecia desde novembro do ano passado. Foram 331,7 mil adoções líquidas, um crescimento de 1,21%, no comparativo mensal, totalizando 27,822 milhões de acessos. A grande razão por trás disso foi a Oi, que adicionou 390 mil linhas (5,74%). O 3G, por sua vez, caiu 0,10% e ficou com 28,370 milhões de linhas. 

O 4G cresceu 0,15% (305,5 mil adições líquidas) e somou 198,551 milhões de chips. Neste segmento, as prestadoras de pequeno porte foram as de maior avanço proporcional: 2,59%, total de 4,429 milhões de linhas. 

Notícias relacionadas
Market share das operadoras no 4G. Fonte: Anatel/TELETIME

Neste caso, a Oi observou recuo de 1,25% (404,1 mil desconexões), totalizando 31,841 milhões de linhas. O fato de a empresa ter caído no 4G e crescido no 2G indica que pode ter havido alguma confusão no fornecimento dos dados à Anatel (no total, considerando a soma de todas as tecnologias, a operadora recuou apenas 0,16%). 

Mas é importante lembrar que em fevereiro saíram as aprovações da Anatel e do Cade pela venda da Oi Móvel para Claro, TIM e Vivo, e as notícias podem ter motivado a migração de usuários. Até janeiro, a operadora observava uma série de 14 meses seguidos de crescimento (última queda foi em novembro de 2020).

Entre as demais grandes no LTE que ficarão com o mercado, a Vivo adicionou mais, com aumento de 0,55% e total de 62,659 milhões de acessos. A Claro somou 53,044 milhões de linhas (aumento de 0,29%) e a TIM, 46,576 milhões (avanço de 0,23%). 

O 5G DSS cresceu menos em fevereiro do que nos meses anteriores. O aumento foi de 10,94%, mas existe um motivo: das três operadoras que reportam, apenas a Claro e a Vivo mostraram avanço, de 16,55% (total de 777,3 mil acessos) e 10,45% (total de 605,1 mil linhas), respectivamente. Já a TIM, mostrou números praticamente iguais, com uma diferença de menos 23 linhas, totalizando 316,9 mil acessos novamente.

É provável que esses comportamentos atípicos sejam corrigidos nos próximos dias ou no próximo balanço da Anatel. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.