AT&T quer aumentar virtualização na rede para ser mais sustentável

A operadora norte-americana AT&T se comprometeu a se tornar uma empresa neutra em emissão de carbono até 2035. Para tanto, pretende tomar uma série de medidas sustentáveis, mas também com uma consequência direta na rede de telecomunicações, com a virtualização de "muitas" funções de rede (NFV). 

Segundo comunicou a companhia nesta quinta-feira, 17, a proposta é de eliminar um "número significativo" de equipamentos de rede que consomem muita energia elétrica. A empresa vai substituir por opções de baixo custo e mais eficientes no consumo, que permitam virtualização. 

Na verdade, isso é parte de um projeto já em andamento para a companhia virtualizar as funções de rede. Tanto que a empresa já tem 75% das principais funções já digitalizadas. O percentual está em linha com o planejamento da operadora no começo do ano passado.

Outras medidas

Além de promover mais virtualização de rede, a AT&T também está promovendo outras cinco iniciativas principais. São elas:

  • Aceleração da eficiência energética e esforços de otimização de rede para reduzir consumo e custos;
  • Expansão de produção sustentável de conteúdo audiovisual na WarnerMedia, com menor consumo de energia, uso de produtos sustentáveis, reutilização e redução de resíduos na produção de filmes e TV;
  • Transição para frota de veículos híbridos, de baixa emissão;
  • Acordos de compra de energia de produtores de energia renovável para reduzir pegadas de emissão;
  • Investimentos em compensações de carbono, para cobrir as emissões inevitáveis.

Investimentos

A AT&T diz que investiu US$ 135 bilhões nos últimos cinco anos (até 2019) em suas redes móveis, incluindo Capex e leilões de espectro. Outros US$ 1 bilhão foram para recuperação de catástrofes relacionadas às mudanças climáticas desde 2016. Com a adoção da ferramenta de análise de mudança climática (CCAT) para todas as regiões dos Estados Unidos, a operadora pretende garantir melhorar a resiliência da infraestrutura.

"Nossa rede é testada por mudanças climáticas e desastres naturais todos os anos", disse em comunicado o diretor executivo da AT&T, John Stankey. "Reconhecemos o impacto a longo prazo que esses compromissos podem ter, e precisamos criar, para os milhões de clientes que confiam em nossos serviços, o negócio mais resiliente e sustentável que pudermos." 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.