Oi troca diretores financeiro e jurídico

A Oi anunciou nesta quinta, 31, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a saída de Carlos Brandão do cargo de diretor-executivo financeiro (CFO) da companhia. Em seu lugar, o conselho de administração da empresa elegeu no dia anterior Camille Loyo Faria para o cargo de diretora de finanças e de relações com investidores. A executiva teve passagens na Embratel e na TIM, mas estava "engajada" com a Oi no papel de advisor financeiro pelo Bank of America Merrill Lynch no processo de venda de ativos. 

Além disso, a operadora também comunicou que o diretor-presidente Eurico Teles deixará a função de diretor jurídico, a qual ele também exercia na empresa. Em seu lugar ficará Antonio Reinaldo Rabelo Filho, que volta à Oi, onde atuou por 17 anos: ele entrou em 2000 assumindo funções na área financeira e jurídica e chegando à diretoria jurídica tributária da empresa entre 2007 e 2017. Depois disso, Rabelo Filho trabalhou em escritório de advocacia próprio, mas auxiliando a empresa em "relevante papel" com negociação com credores no processo de recuperação judicial.

No comunicado, a Oi agradeceu aos serviços de Carlos Brandão e destacou o papel de Eurico Teles à frente da diretoria jurídica por 12 anos e meio. Na função, ele atuou "com dedicação e atuação determinante em vários momentos relevantes da história da Oi, em especial, nos últimos anos, no exitoso processo de Recuperação Judicial". Embora ele mantenha a posição da CEO, a empresa já comunicou que o executivo deverá ser eventualmente substituído na liderança pelo atual COO, Rodrigo Abreu

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.