Oi troca diretores financeiro e jurídico

A Oi anunciou nesta quinta, 31, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a saída de Carlos Brandão do cargo de diretor-executivo financeiro (CFO) da companhia. Em seu lugar, o conselho de administração da empresa elegeu no dia anterior Camille Loyo Faria para o cargo de diretora de finanças e de relações com investidores. A executiva teve passagens na Embratel e na TIM, mas estava "engajada" com a Oi no papel de advisor financeiro pelo Bank of America Merrill Lynch no processo de venda de ativos. 

Além disso, a operadora também comunicou que o diretor-presidente Eurico Teles deixará a função de diretor jurídico, a qual ele também exercia na empresa. Em seu lugar ficará Antonio Reinaldo Rabelo Filho, que volta à Oi, onde atuou por 17 anos: ele entrou em 2000 assumindo funções na área financeira e jurídica e chegando à diretoria jurídica tributária da empresa entre 2007 e 2017. Depois disso, Rabelo Filho trabalhou em escritório de advocacia próprio, mas auxiliando a empresa em "relevante papel" com negociação com credores no processo de recuperação judicial.

No comunicado, a Oi agradeceu aos serviços de Carlos Brandão e destacou o papel de Eurico Teles à frente da diretoria jurídica por 12 anos e meio. Na função, ele atuou "com dedicação e atuação determinante em vários momentos relevantes da história da Oi, em especial, nos últimos anos, no exitoso processo de Recuperação Judicial". Embora ele mantenha a posição da CEO, a empresa já comunicou que o executivo deverá ser eventualmente substituído na liderança pelo atual COO, Rodrigo Abreu

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.