TIM fecha parceria com Agropalma para conectividade 4G no Pará

A TIM anunciou nesta sexta-feira, 29, uma parceria de conectividade 4G com a produtora de óleo de palma (ou dendê) Agropalma. O projeto inicial contempla cobertura em fazendas em Tailândia (PA) com 107 mil hectares de área total. O acordo foi assinado durante a feira Agrishow, em Ribeirão Preto (SP).

Da área prevista no projeto, 64 mil hectares se tratam de reserva florestal e 39 mil hectares, de palmeiras plantadas. Além disso, seis indústrias de extração de óleo de palma e palmiste também serão beneficiadas com cobertura 4G. No total, o projeto prevê a conectividade de mais de 120 mil hectares, impactando cerca de 2 mil pessoas (incluindo agricultores familiares e os 43 produtores parceiros da Agropalma).

"Estamos implantando nas fazendas a conectividade 4G necessária para habilitar recursos que podem fazer a diferença na rotina das atividades da planta e explorar todo o potencial da Internet das Coisas (IoT), incluindo sensoriamento de plantio orgânico, monitoramento de áreas, rastreamento de caminhões e comunicação entre equipes, eliminando assim a necessidade de rádios", explicou o diretor de desenvolvimento de mercado de IoT & 5G da TIM, Alexandre Dal Forno, em comunicado sobre o acordo.

Notícias relacionadas

"Há alguns anos, temos o desafio de conectar nossa planta em Tailândia, e felizmente, pudemos contar com a TIM para atender a essa necessidade. Acreditamos que a conectividade irá alavancar a expansão dos negócios e também será decisiva para atender a demanda da inclusão digital de colaboradores e produtores locais", prosseguiu o diretor financeiro da Agropalma, Marcos Costa.

Parte do conglomerado empresarial Grupo Alfa, a produtora tem em Tailândia sua unidade de plantação e extração do óleo que abastece indústrias de refino para atendimento dos setores de alimentação e cosméticos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.