FiBrasil está negociando aquisição da Vero Internet

Fachada de ponto comercial da Vero Internet

Operadora de redes neutras que tem a Vivo como acionista, a FiBrasil está negociando a aquisição da holding de provedores regionais de fibra óptica Vero Internet, confirmou a TELETIME junto a fontes próximas às conversas.

A informação de que as negociações para a transação estão em "fase avançada" foi divulgada pela Coluna do Broadcast do jornal Estadão. Na mesa estaria uma proposta de R$ 2,8 bilhões; contudo, segundo apurado por este noticiário, os valores ofertados não chegariam a tanto.

Gerida pelo Vinci Partners, a Vero já confirmou que tem o Itaú BBA mandatado como assessor financeiro para avaliar "transações estratégicas em diferentes formatos". A FiBrasil não comenta as negociações, mas na última quarta-feira, 27, a Vivo abordou alguns aspectos para eventuais processos de aquisição no mercado de fibra óptica.

Notícias relacionadas

"Decisões de M&A dependem do overlap [sobreposição] de redes, da qualidade delas e da qualidade da companhia que está sendo vendida. Precisamos ver como integrar clientes na nossa base de clientes, porque uma coisa é comprar a rede e uma segunda decisão é comprar os clientes. É complexo e quando a empresa é muito grande é mais complexo, porque o overlap é ainda maior", afirmou o CEO da Vivo, Christian Gebara, durante call para investidores.

A Vero encerrou o primeiro semestre com 699 mil clientes em Minas Gerais e na região Sul. Pelos R$ 2,8 bilhões aventados para a transação com a FiBrasil, um valor médio de R$ 4 mil/assinante seria fixado – ou algo bem acima do praticado recentemente, apontou um analista ouvido por TELETIME.

Uma segunda fonte de mercado acredita que o valor possa estar entre R$ 2,5 mil a R$ 3 mil por assinante. Mas poderia existir justificativa para o pagamento de um sobrepreço: a Vero é hoje uma das principais clientes da principal concorrente da FiBrasil, a V.tal, controlada pelo BTG e pela Oi.

Já em termos de infraestrutura, a Vero somava ao fim do primeiro trimestre 2,317 milhões de casas passadas com fibra óptica (HPs), rede FTTH de 18 mil km e backbone de 7,2 mil km.

Focada em redes neutras para contratação por outras operadoras, a FiBrasil já afirmou que espera provedores regionais segregando infraestrutura e clientes em vista de processos de fusão e aquisição. A empresa tem 2,5 milhões de HPs com fibra em cidades médias (exceto no estado de São Paulo), com meta de alcançar 6 milhões de HPs até 2024. (Colaboraram Samuel Possebon e Bruno do Amaral).

Deixe seu comentário