Proqualit inicia fabricação de antenas para celulares

Com 18 anos de experiência na fabricação de antenas externas de TV, a paulista Proqualit decidiu este ano entrar no segmento de antenas para celulares. "Resolvemos ampliar a nossa oferta de produtos em razão da crise", explica Alexandre Trindade, diretor da Proqualit.
As antenas produzidas pela companhia, cuja unidade fabril está localizada em Guararema/SP, servem como extensões das antenas dos aparelhos celulares. O público alvo são pessoas que precisam usar os telefones em locais onde o sinal das operadoras é baixo, como sítios e fazendas. A conexão entre a antena e o celular é feita através de um cabo. A Proqualit oferece diferentes kits de adaptadores que permitem a conexão a mais de 80 diferentes modelos de telefones de vários fabricantes.
Inicialmente a Proqualit está produzindo antenas para três freqüências: 850 MHz, 900 MHz e 1,8 GHz. As duas primeiras são antenas direcionais e estão disponíveis em três modelos com variação de ganho: 14, 17 ou 20 dB. A antena em 1,8 GHz é do tipo planar, o que diminui a necessidade de acertar seu direcionamento, mas reduz seu ganho. As antenas de 1,8 GHz e 900 MHz são para celulares GSM. A de 850 MHz é para terminais CDMA. Os preços para o consumidor final variam de R$ 150 a R$ 200, dependendo do modelo. Em breve a empresa lançará novas antenas para 1,8 GHz, 2,1 GHz e 3,5 GHz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.