Teles chinesas podem participar de leilão de frequências, diz ministro

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, recebeu nesta quinta-feira, 15, em Brasília, a visita do embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, que apresentou a intenção das empresas daquele país em contribuir para as metas de banda larga do Brasil por meio da participação nos leilões de frequência ou de parcerias com empresas nacionais, como a Telebras.

O ministro afirmou que recebeu da presidenta Dilma Rousseff a meta de levar a banda larga a 70% da população brasileira nos próximos três anos e que é importante aprofundar o diálogo para avançar no interesse dos dois países.

"A possível parceria com o governo chinês é importante, uma vez que nós temos uma proximidade bilateral e fazemos parte dos BRICS. Eles demonstraram interesse em investir no nosso país para que a gente possa avançar no programa de inclusão digital, especialmente nas regiões mais distantes", disse Figueiredo.

O Minicom lembra que a Anatel deve lançar um edital em novembro que vai leiloar faixas de frequência para expandir os serviços de banda larga, incluindo o 4G.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.