Brastrading aposta na banda Ka e em triple play até o final do ano

A Brastrading, que adquiriu os direitos de comercialização de toda a capacidade de banda Ka do satélite Eutelsat 3B, depois que a operadora de satélites rompeu com a Via Sat Brasil, diz que já contabiliza mais de 2 mil conexões de banda larga via satélite em todo o Brasil, agora vendidas através de parceria com as operadoras Rural Web e com a IP.TV. A Brastrading, empresa conhecida no segmento de logística e tecnologia, se prepara para lançar comercialmente sua própria operadora de telecomunicações, a Evolution Sat.

De acordo com o CEO e chairman da Brastrading e da Evolution Sat, Wagner Moura, os planos da nova operadora vão além de vender banda larga via satélite diretamente para o cliente final. "A gente procurou tirar tudo que o satélite poderia oferecer e estamos preparando para o final do ano o lançamento da nossa oferta triple play, com TV, Internet e telefonia fixa por IP com numeração própria", revela.

O serviço, batizado de Trio, tem lançamento marcado para o dia 31 de dezembro e combinará a Internet em banda Ka do satélite Eutelsat 3B com serviço de TV via banda Ku em parceria com a Emerging Markets Communications (EMC) – empresa que já tem acordos de roaming internacional com mais de 140 operadoras para serviços de telefonia para voos conectados e de capacidade em banda Ku para entretenimento a bordo de cruzeiros marítimos.

"O Trio usará a antena da EMC que recebe sinais dos dois satélites, de banda Ka e de banda Ku, e na casa do assinante o mediagateway do Trio distribuirá os serviços de TV, Internet e telefone para todos os dispositivos do usuário", explica o executivo. As antenas serão importadas num primeiro momento, mas a Brastranding já prepara a fabricação local dessas antenas no Rio de Janeiro para 2016.

Os planos preveem oferta de 5 Mbps de velocidade de Internet mais o pacote de TV, que conta com uma "grande emissora de TV aberta brasileira", e telefonia IP por um valor de cerca de R$ 350 ao mês.

Trio no ar

O lançamento do triple play da Brastrading virá acompanhado do lançamento do produto da Evolution Sat em aeronaves de uma das companhias aéreas que atuam no mercado brasileiro, cujo nome não foi revelado. De acordo com Moura, o contrato já está assinado e será anunciado em breve. "Investimos mais de US$ 30 milhões em equipamentos, tecnologia e desenvolvimento de software para oferecer nossa plataforma também para voos conectados", revela. As primeiras cinco aeronaves da companhia aérea devem receber os serviços de Internet em banda Ka com velocidade de até 10 Mbps, TV em banda Ku (incluindo o feed ao vivo do canal aberto de televisão com quem a Brastrading diz que já fechou parceria) e roaming 3G até dezembro deste ano. Número este que deve subir para cerca de 50 aeronaves até junho de 2016.

Os serviços devem custar o equivalente a US$ 6 por trecho de voo (inicialmente apenas nos voos nacionais, depois indo a rotas internacionais) e não haverá limitação de tipo de aplicação que o usuário queira acessar pela Internet durante o voo. "Poderá fazer tudo, assistir ao YouTube ou Netflix, usar redes sociais, WhatsApp, o que quiser", reitera Moura. Pelos cálculos do executivo, com esse valor de tarifa para uso dos serviços, ainda que apenas dez pessoas por voo escolham comprar o serviço, o Trio se paga. Nos EUA, a United Airlines cobra US$ 2/hora para acesso à Internet nos voos e a taxa de uso dos serviços é de 70%.

6 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez esses pilantras enganaram seus parceiros e clientes, primeiro junto com a empresa de Goiânia (prefiro não falar o nome desse lixo) agora direto com a falta de compromisso com a dona do satélite, acabamos de ter certeza, PILANTRAGEM e falta de ética para esse pessoal é como fazer uma festa, só fica a ressaca de ter enganado mais uma vez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.