Publicidade
Início Teletime Exército já pediu duas vezes o uso da faixa de 700 MHz...

Exército já pediu duas vezes o uso da faixa de 700 MHz para segurança pública

O Exército do Brasil por meio do Ministério da Defesa já solicitou por pelo menos duas vezes formalmente à Anatel que libere parte da faixa de 700 MHz para uso em segurança pública. O último pedido foi realizado este ano e o principal argumento é a necessidade de se aprimorar a segurança das cidades-sede da Copa. “Fizemos um pedido o ano passado que não prosperou. Então apresentamos novamente este ano. Nosso esforço é que a liberação ocorra em breve para que haja tempo hábil para fazermos a licitação”, afirma o comandante do Centro de Comunicação e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), general Antônio Santos Guerra.

Notícias relacionadas
A faixa de 700 MHz é a principal frequência usada pelo LTE, já em operação nos EUA, por exemplo. O general, entretanto, descarta que ainda haja tempo para que os órgãos de segurança pública possam usufruir do LTE na Copa das Confederações em 2013. O Ministério da Defesa pleiteia junto à agência uma banda da 10 MHz + 10 MHz para a segurança pública.

O Exército está realizando um teste da solução da Motorola em LTE para segurança pública e missão crítica. Foram implantados três sites em prédios do Exército (Ministério da Defesa, CCOMGEX e Hospital das Forças Armadas) que dão uma cobertura de todo o Plano Piloto, em Brasiília. A Motorola investiu US$ 2 milhões no teste que terá duração de seis meses, com possibilidade para ser prorrogado por mais seis meses.

De acordo com o presidente da Motorola Solutions, Eduardo Stéfano, a tecnologia que está sendo testada pelo Exército Brasileiro já foi implantada em três estados dos EUA. A solução da companhia permite que imagens da ocorrência sejam enviadas a agentes antes que eles chegam ao local; viaturas poderão ser visualizadas por geoposicionamento pelo centro de comando e controle; há leitores biométricos etc. “A atuação em campo poderá ser multiplicada usando a tecnologia”, afirma Stéfano.

O teste está sendo realizado com uma faixa de 5 MHz + 5 MHz e pode atingir uma velocidade de 30 Mbps. Com os 10 MHz + 10 MHz pretendidos pelo Exército, técnicos da Motorola estimam que o throughput possa chegar a 100 Mbps. A solução da Motorola permite que o órgão de segurança possa garantir banda para a comunicação de missões críticas que estejam acontecendo no momento.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile