PIB de serviços recua 2,7% em 2016, aponta IBGE

O PIB (somatório de todas as riquezas do País) recuou 3,6% em 2016 em relação ao ano anterior. No período, todas as atividades econômicas apresentaram quedas, como a agropecuária, que perdeu 6,6%, a indústria (-3,8%) e os serviços (-2,7%), conforme dados divulgados nesta terça-feira, 7, pelo IBGE.

No setor de serviços, o recuo maior se deu nos serviços de informações, que apresentaram queda de 2,1% no ano passado. Em relação ao quarto trimestre de 2016 frente aos três meses anteriores, a queda no setor foi de 0,8%, o pior resultado obtido no ano.

Já o valor adicionado dos serviços no quarto trimestre de 2016 desacelerou em 2,4% na comparação com igual período do ano anterior. Novamente, o índice negativo dos serviços de informações ficou acima da média, em 3%.

O PIB fechou 2016 em R$ 6,2 trilhões e o per capita, em R$ 30,4 mil, após queda de 4,4%, em termos reais. Os investimentos despencaram 10,2% no acumulado do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.