Venda da Oi Móvel deverá acontecer em meados de dezembro, diz TIM

Como parte da oferta conjunta com Claro e Vivo pela Oi Móvel, a TIM ainda não pode dar detalhes concretos, mas há uma negociação referente ao contrato de capacidade que as quatro operadoras precisarão assinar e que ainda está sendo feita. Mesmo assim, segundo afirmou Pietro Labriola, presidente da TIM Brasil, durante teleconferência de resultados nesta quarta-feira, 4, a assinatura para a transação deverá acontecer até o final do ano, na metade de dezembro. 

Mas o desejo é de andar mais rápido com o processo. "Infelizmente, o planejamento do tempo não é definido por nós, se não a gente o aceleraria. Mas estamos otimistas porque meados de dezembro é algo alcançável", destacou. "Continuamos a ficar otimistas com isso."

Vale lembrar o leilão ainda pode ter outros interessados na Oi Móvel. E mesmo se as três teles vencerem a disputa, ainda há processos de aprovações com Anatel e Cade.

Contrato de capacidade

De acordo com Labriola, as operadoras estão "detalhando os termos do contrato de capacidade de rede" com a Oi. Esse contrato foi uma das adições dadas pela proposta reformulada de R$ 16,5 bilhões feita pela Claro, TIM e Vivo e que as elevou ao status de "stalking horse" na disputa pela Oi Móvel. 

Esse elemento acabou sendo incorporado pela própria Oi na oferta da unidade Móvel, quando o aditamento foi revisado ainda em agosto. Trata-se de prestação de serviços de transmissão de dados na modalidade take-or-pay pelo prazo de três, cinco ou dez anos, a critério do proponente interessado.

O Juízo da 7ª Vara Empresarial da Justiça do Rio de Janeiro, Fernando Viana, homologou o aditivo ao plano da recuperação judicial da Oi há cerca de um mês. Por sua vez, a proposta foi aprovada em assembleia geral de credores da operadora no início de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.