Novo regulamento diminui em até 80% valor das ligações

A Anatel forneceu alguns exemplos concretos dos ganhos que os usuários terão após a publicação do novo regulamento de áreas locais. O documento determinou que a área local passar a ser igual à área de um município ou conjunto de municípios. Em Campos dos Goitacazes (norte do Estado do Rio de Janeiro), por exemplo, havia mais de uma área local. Com a edição do novo regulamento, uma chamada de três minutos em horário comercial dentro do município que custava R$ 1,018 passará a custar R$ 0,208 (variação de 79,54%).
Outro caso usado como exemplo pela Anatel é o do Rio de Janeiro, cuja área metropolitana passará a ser uma única área local, onde os usuários que pagavam R$ 1,051 por três minutos de ligação em horário comercial para Magé passarão a pagar R$ 0,208 (redução de 80,17%). Percentuais semelhantes são obtidos nas ligações entre Brasília e Luziânia (cidade de Goiás no entorno do Distrito Federal).
A Grande São Paulo, com 39 cidades é a principal aglomeração onde se passará a cobrar tarifa única. Seguem-se as áreas metropolitanas de Porto Alegre, com 19; Rio de Janeiro, com 11 e Belo Horizonte com 9.

Notícias relacionadas
Segundo o superintendente de Serviços Públicos da Anatel, Marcos Bafutto, o regulamento da Anatel é resultado de um estudo cuidadoso dos impactos que as alterações poderão proporcionar: "não há duvída de que haverá um aumento de tráfego entre estas localidades, compensando a perda de receita. Haverá sobretudo um aumento de tráfego de Internet. Nos finais de semana e nas madrugadas, os usuários de Internet vão poder se conectar a provedores nos centros mais importantes pagando apenas um pulso por conexão", disse Bafutto. Para o superintendente, o ganho para os usuários do STFC é muito grande e de enorme significado social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.