Penetração da banda larga fixa chega a 27% das residências

No segundo semestre do ano passado foram adicionados 1,3 milhão de conexões banda larga, entre fixas e móveis. Isso representa um crescimento de 9,5% em relação ao primeiro semestre de 2009 e de 27% de crescimento em relação ao ano anterior, de acordo com o Barômetro Cisco de banda larga, divulgado nesta quinta-feira, 29. A penetração do serviço no Brasil, de acordo com o estudo, é de 5,98%, índice inferior a de países como Chile (10,39%), Argentina (10%), e Uruguai (9,97%).
Considerando apenas a banda larga fixa, o crescimento foi menor que o registrado no primero semestre do ano passado. Entre julho e dezembro de 2009, 455 mil novas conexões em banda larga fixa foram comercializadas no Brasil, totalizando 11,489 milhões de acessos, um avanço de 4,1% se compararmos à base instalada do primeiro semestre de 2009. Essa taxa de crescimento é bem inferior a do semestre anterior, que foi de 12%. O estudo atribui essa desaleceração no crescimento à proibição da venda do Speedy durante o segundo semestre de 2009 e o rápido crescimento da banda larga móvel, que canibaliza parte da banda larga fixa.
A penetração do acesso fixo nos lares brasileiros está em 27,4%, sendo que no estado de São Paulo a penetraçãpo chega a 38,8%. Velocidades acima de 2 Mbps foram as que mais cresceram no período analisado, somando 16,1% no primeiro semestre de 2009 e 18,5% no segundo semestre do ano passado.
A quantidade de assinantes de banda larga por meio da telefonia móvel (acesso em desktop usando modem ou data cards; ou em notebook ou netbook) em dezembro de 2009 é de 3.517.095 assinantes, um crescimento de 32% em relação ao último semestre e 77% em relação ao último ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.