Publicidade
Início Newsletter TIM registra aumento de 110% nas recargas via Pix

TIM registra aumento de 110% nas recargas via Pix

Foto: Divulgação/Tim

A TIM observou aumento no uso do serviço instantâneo de transferências do Banco Central (o Pix) para recargas e pagamentos nos serviços móveis da companhia. Somente no segmento pré-pago, a operadora registrou um aumento anual de 110% no uso do Pix para recargas via canais oficiais TIM, na comparação com o ano de 2022.

Na modalidade pós-pago, também houve aumento: 70% a mais em relação a 2022. A base de usuários que optaram por esse método de pagamento em 2023 alcançou 44% – taxa maior que o período anterior. Segundo a operadora, a expectativa é que essa curva de crescimento se mantenha, com aumento expressivo desse percentual no ano de 2024.

A explicação para a expectativa está relacionada ao anúncio da versão automática do Pix, que entrará em vigor no País a partir do dia 28 de outubro deste ano. A nova funcionalidade vai permitir o agendamento prévio de pagamentos para empresas, o que promete facilitar o gerenciamento de contas de água, luz e, inclusive, de planos com companhias de telecomunicações.

Notícias relacionadas

De acordo com o diretor de consumer relations da TIM Brasil, Daniel Almeida, a operadora espera uma migração ainda maior para essa modalidade após a nova atualização do Pix pelo Banco Central.

“O cliente pós-pago poderá programar a cobrança direto da sua conta mantendo a rapidez do processamento. Fomos a primeira do segmento de telecomunicações a oferecer o pagamento via PIX e manteremos o compromisso com a experiência positiva dos nossos usuários”, explicou Almeida.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile