Ericsson adia conclusão da compra da Vonage

Em comunicado ao mercado nesta terça-feira, 28, a Ericsson anunciou um adiamento no fechamento da aquisição da provedora de soluções de comunicação baseadas em nuvem Vonage.

O negócio de US$ 6,2 bilhões anunciado em novembro de 2021 tinha previsão de conclusão neste primeiro semestre, em prazo que foi estendido até julho. A razão para tal é a aprovação ainda pendente do Comitê de Investimento Estrangeiro dos Estados Unidos (CFIUS).

De acordo com a Ericsson, outras aprovações necessárias no país já foram obtidas para a compra do alvo, sediado em New Jersey. "A Ericsson e a Vonage continuam totalmente comprometidas com esta transação e estão trabalhando para fechar antes do final de julho de 2022", pontuou a fornecedora sueca, em comunicado ao mercado.

Notícias relacionadas

O negócio é estratégico para a Ericsson, que pretende utilizar a plataforma de comunicação da adquirida para expandir a divisão de negócios corporativos sem fio.

EUA

Vale lembrar que a fornecedora sueca tem enfrentado problemas legais nos Estados Unidos, com condutas ilegais no Iraque sendo apuradas por órgãos do país. Além do Departamento de Justiça (DOJ) norte-americano, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) também investiga a empresa.

Deixe seu comentário