Ericsson vai adquirir Vonage por US$ 6,2 bilhões

A Ericsson anunciou nesta segunda-feira, 22, um acordo para aquisição da provedora de soluções de comunicação baseadas em nuvem Vonage. A transação envolve pagamento de US$ 6,2 bilhões em dinheiro.

Segundo a fornecedora sueca, o movimento deve expandir a presença no segmento de redes wireless para o mercado corporativo. O fechamento da transação está previsto para a primeira metade de 2022 e depende de aprovação pelos acionistas da Vonage e órgãos regulatórios.

Parte das perspectivas de crescimento da Ericsson com a aquisição repousam sobre a Vonage Communications Platform (VCP), que fornece cerca de 80% da receita total da adquirida. A VCP atende mais de 120 mil clientes e soma mais de um milhão de desenvolvedores registrados globalmente.

Notícias relacionadas

"A Vonage nos dá uma plataforma para ajudar nossos clientes a monetizar os investimentos na rede, beneficiando desenvolvedores e empresas", afirmou o CEO e presidente da Ericsson, Börje Ekholm, em comunicado onde destacou a sinergia com a estratégia 5G de operadoras.

Segundo a fornecedora, a plataforma VCP permitirá que desenvolvedores incorporem comunicações de alta qualidade – incluindo mensagens, voz e vídeo – em novos aplicativos e produtos, sem necessidade de infraestrutura de back-end ou interfaces.

"Hoje as APIs de rede são um mercado estabelecido para mensagens, voz e vídeo, mas com um potencial significativo para capitalizar nos novos recursos 4G e 5G. O forte ecossistema de desenvolvedores da Vonage terá acesso às APIs de rede 4G e 5G, expostas de forma simples e globalmente unificada. Isso lhes permitirá desenvolver novas ofertas globais inovadoras", completou Ekholm.

A Vonage ainda fornece soluções de comunicações unificadas como serviço (UCaaS) e contact center como serviço (CCaaS). Em 12 meses até setembro, a empresa somou US$ 1,4 bilhão em receitas, margem Ebitda ajustada de 14% e fluxo de caixa livre de US$ 109 milhões.

Acordo

A aquisição será conduzida por meio de um acordo de fusão no qual a Ericsson adquirirá todas as ações em circulação da Vonage a um preço à vista de US$ 21 por ação. O valor representa um prêmio de 28% sobre o preço de fechamento dos papéis em 19 de novembro (US$ 16,37) e de 34% sobre o preço médio nos últimos três meses (US$ 15,71).

Após a conclusão, a Vonage se tornará uma subsidiária integral da Ericsson, mas continuará a operar com o nome existente, sendo reportada como um segmento separado nos próximos balanços da sueca.

A empresa adquirida está sediada em Holmdel (Nova Jersey), nos Estados Unidos, e soma 2,2 mil funcionários que permanecerão na operação. O CEO da Vonage, Rory Read, se juntará à equipe executiva da Ericsson; o profissional acumula passagens como CEO da Dell Technologies e, antes disso, CEO da Advanced Micro Devices (AMD).

A aquisição será financiada por meio dos recursos de caixa existentes da Ericsson, que totalizaram 88 bilhões de coroas suecas ao fim de setembro de 2021 (cerca de US$ 9,7 bilhões). A fornecedora ainda prevê sinergias de US$ 400 milhões com a operação até 2025.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.