PriceWaterhouse Coopers será a Entidade Aferidora da Qualidade na banda larga

A Anatel divulgou nesta terça, 28, o nome da companhia escolhida para ser a entidade Aferidora da Qualidade. Quem ganhou a disputa foi a PriceWaterhouseCoopers, que terá apoio tecnológico da SamKnows. Tamém participaram do certame o Nic.Br, a ABR Telecom e a ISPM – Serviço de Informática.

A escolha foi feita por uma comissão de seleção formada por representates das operadoras, conforme determina os regulamentos de gestão da qualidade do SMP e do SCM. A PriceWaterhouseCoopers é uma consultoria parceira das empresas. Durante a fase de consulta pública dos regulamentos foi contratada pelo SindiTelebrasil para analisar como a questão da qualidade da banda larga era tratada em outros países. A SamKnows também não é um nome desconhecido. No ano passado, a companhia fez uma apresentação da sua sua solução, usada pelo Ofcom na Inglaterra e recentemente também FCC, em seminário organizado pelo SindiTelebrasil.

A partir de agora começa o trabalho para que sejam definida a metodologia de coleta de informações – que constará de um "manual operacional"- pela EAQ para que a medição possa acontecer até outubro, como determinam os regulamentos. De acordo com comunicado do SindiTelebrasil, a partir de amanhã, a PwC, no papel de Entidade Aferidora da Qualidade, começará a implantar a estrutura de medição.

A solução desenvolvida pela Samknows utiliza um equipamento que fica ligado na conexão do usuário. Essa alternativa, durante o período da consulta pública, era tida como a mais adequada porque eliminaria distorções em medições feitas por software que seriam influenciadas por lentidão da máquina do usuário ou redes WiFi etc.
Não é certo, entretanto, que no Brasil esse mesmo método será utilizado porque a solução teria um custo muito maior do que a instalação de um software na máquina do usuário, por exemplo. Além disso, o grupo técnico do GIPAQ trabalhará a partir de agora na definição de como será feita a coleta dos dados, levando em consideração as diferentes tecnologias de acesso: as redes móveis do SMP, as conexões sem fio (usadas por alguns provedores de SCM) e as conexões de cabo. "A partir de agora, o grupo técnico vai definir qual a melhor metodologia de medição. Pode ser com a caixinha ou não", explica Bruno Ramos, superintendente de serviços privados da Anatel. O comunicado do SindiTelebrasil, entretanto, informa que a medição será realizada por amostragem utilizando equipamentos dedicados.

Bruno Ramos disse que ainda não se sabe o custo da contratação para as empresas porque isso dependerá do desenho final da metodologia de medição. O que as empresas conhecem até agora, segundo ele, é o custo unitário de cada item oferecido pelo consórcio ganhador.

A PriceWaterhouseCoopers e a Samknows foram escolhidas em um processo que analisou 75 quesitos da proposta técnica. Cada quesito recebeu uma nota: "excede as expectativas", "satisfatório"e "não satisfatório".

Software

As empresas tinham até a próxima quarta, 29, para escolherem a Entidade Aferidora da Qualidade e também para disponibilizarem em seus sites um software para que os usuários façam a medição. O software contratado foi o Speed Test, bastante utilizado entre usuários de Internet, e estará disponível na homepage das prestadoras ou na página das ofertas de banda larga a partir da próxima quarta, 29. As prestadoras disponibilizarão também uma cartilha que de orientação sobre o uso do software.

Ramos explica que, conforme prevê o edital, este software não é o software final que será disponibilizado pelas empresas. A versão final será elaborada pela EAQ e, inclusive, poderá fazer parte da solução de coleta de dados para fins de cumprimento das metas de velocidades mínimas e médias. "A decisão do conselho diretor foi de dar uma respostas rapida para a sociedade". Ramos não informou qual o custo deste software para as prestadoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.