Questionamentos sobre Opportunity estão na Internet

O E-News, novo serviço de reportagem por e-mail aberto ao público do informativo UOL News, coloca à disposição na Internet todo o questionamento do jornalista Paulo Henrique Amorim a diversas autoridades brasileiras, inclusive o Presidente da República, sobre as suspeitas de lavagem de dinheiro por meio das contas 368 do Opportunity Fund nas Ilhas Cayman, além de outros assuntos envolvendo o empresário Daniel Dantas. A reportagem é a primeira desta seção, criada por Amorim, que procura investigar fatos e cobra respostas das autoridades abertamente. A investigação está sempre em andamento e toma novos caminhos de acordo com os acontecimentos e as respostas obtidas, ou a falta delas. Neste caso, foram enviados questionamentos, entre outros, para Armínio Fraga, presidente do Banco Central; José Luiz Osório de Almeida Filho, ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM); Everardo Maciel, secretário da Receita Federal e Adrienne Senna, presidente do conselho de controle de atividades financeiras, com cópia para Fernando Henrique Cardoso, Pedro Malan, ministro da Fazenda, e Luiz Francisco de Souza, procurador da República no Distrito Federal.
Sem obter respostas das autoridades brasileiras, Amorim encaminhou na terça-feira, 25, perguntas sobre a presença do Opportunity Fund no grupo de controle da Brasil Telecom ao presidente da Bolsa de Nova York, Dick Grasso, e à Securities and Exchange Commission (SEC), o equivalente à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos. O endereço do E-News é http:/www.uol.com.br/uolnews/enews.shl.

Deputado pede esclarecimentos a Malan

O deputado federal Ricardo Berzoini (PT/SP) enviou ao ministro Pedro Malan requerimento pedindo esclarecimentos sobre o caso das contas conhecidas como ?368?, do Opportunity Fund em Cayman, que teriam como titulares, de forma ilegal, brasileiros residentes no Brasil. O parlamentar pergunta, entre outras questionamentos, se a CVM tem a lista destes investidores, quem são eles e se o Opportunity usou dinheiro do fundo estrangeiro em participações de controle no processo de privatização sem garantia de liquidez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.