Integra Optics quer triplicar produção em 2017 em Piracicaba (SP)

A construção de uma fábrica de componentes óticos em Piracicaba (SP) em pleno cenário de turbulência macroeconômica no Brasil não é um problema na visão do diretor de operações (COO) da Integra Optics, Jeff DeWeese. A planta, que será inaugurada entre o final de fevereiro e começo de março, terá capacidade para fabricar por volta de 30 mil componentes até o final deste ano, com previsão de chegar a até 100 mil unidades em 2017.

DeWeese declara não ter receio da concorrência com produtos importados da China no mercado brasileiro. "Temos bastante confiança nisso, o momento é de investimento no Brasil", disse a este noticiário. Até porque o executivo reconhece que a alta do dólar ajuda muito a companhia norte-americana. "Agora está mais fácil para nós fazermos esses investimentos, investir no Brasil é muito atrativo e isso definitivamente ajuda os custos."

Notícias relacionadas

A ideia é poder oferecer os produtos à indústria de maneira mais rápida por ter uma presença local. Apesar do momento econômico do País e da queda nos acessos de telecom dos últimos meses, a empresa acredita que haverá uma demanda grande ainda com a banda larga, especialmente com dispositivos móveis.

Além da fábrica de componentes (transceivers, jumpers, dispositivos DWDM e de outras tecnologias), a Integra Optics pretende inaugurar um laboratório de pesquisas e desenvolvimento. A unidade também será finalizada em fevereiro e deverá contar com uma equipe totalmente brasileira, que passará por treinamento de duas semanas nos Estados Unidos, com retorno mensal para aperfeiçoamentos.  A empresa já conta com escritório comercial na região de Alphaville (SP), que atualmente conta com um pequeno grupo de três funcionários.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.