Anatel aprova ato para projetos estratégicos de futuros TACs

Em uma situação atípica, em que a Anatel tomou decisões que normalmente iriam para reuniões ordinárias em circuito deliberativo (virtual), foi aprovada nesta quinta, 27,  uma medida de atualização do "fator de redução de desigualdades sociais e regionais e do rol de projetos estratégicos a serem considerados na celebração dos Termos de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC)". O ato define os projetos que podem ser admitidos em eventuais TACs e o chamado "Fator de Redução das Desigualdades Sociais e Regionais e de Execução de Projetos Estratégicos (FRD)", que é uma espécie de deflator atribuído a diferentes regiões na hora de valorar os investimentos que serão feitos em projetos adicionais que não estejam no Plano Estrutural de redes de Telecomunicações (PERT) em contrapartida à aplicação de multas. O ato da Anatel entra em vigor em 4 de maio de 2020. Os redutores menores de FDR estão associados às regiões Norte e Nordeste, localidades com menor PIB per capita e localidades com maiores contingentes populacionais. Isso significa dizer que há mais incentivo para projetos nestas regiões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.