Publicidade
Início Newsletter Anatel estima valor total do leilão do 5G em até R$ 35...

Anatel estima valor total do leilão do 5G em até R$ 35 bi sem obrigações

Presidente da Anatel, Leonardo Euler, durante coletiva de imprensa sobre o edital do 5G

Os cálculos preliminares da Anatel estimaram o valor total do leilão das frequências de 5G entre R$ 33 bilhões e R$ 35 bilhões. Esse montante, contudo, é a valoração dos ativos espectrais sem considerar as obrigações, mas apenas o “custo de oportunidades”, segundo informou o presidente Leonardo Euler nesta sexta-feira, 26, em coletiva de imprensa em Brasília para falar sobre a aprovação do edital do 5G pelo Conselho Diretor no dia anterior

Embora Euler ressalte que se tratam ainda de valores preliminares, que ainda não passaram pelo escrutínio e crivo do Tribunal de Contas da União, é possível ter uma visualização melhor do que a agência espera. O presidente da agência também disse que ainda não se tratam de todas as obrigações, tendo mencionado apenas algumas. “Estamos refinando os dados, mas digamos que a maior parte vai ser destinada para compromissos de investimento.”

Em uma conta rasa, fica então um total de R$ 23,1 bilhões em obrigações divulgadas pela Anatel. Aonde serão alocados os outros R$ 10 bilhões ainda não foi revelado, mas Euler ressalta que o leilão não terá viés arrecadatório, o que foi acordado com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo técnicos da agência, ainda é preciso muito cuidado porque todos os valores estão sendo calculados com precisão, mas é praticamente certo que o valor mínimo das radiofrequências será muito próximo das obrigações previstas no edital, o que significa que o leilão deve gerar uma arrecadação muito pequena. Essa diferença de cerca de R$ 10 bilhões será consumida, possivelmente, com as obrigações da faixa de 3,5 GHz que ainda estão sendo estimadas.

Notícias relacionadas

Detalhamento

A Anatel já fez algumas estimativas das seguintes obrigações:

  • Para o cumprimento da cobertura em rodovias, que traz um Valor Presente Líquido (VPL) negativo, estima-se R$ 2,6 bilhões em investimentos.
  • Para atender 1.280 municípios que não possuem ainda infraestrutura de backhaul até a sede, será necessário R$ 2,5 bilhões.
  • O atendimento a cerca de 14 mil localidades e povoados, custaria “em torno de R$ 13 bilhões”, segundo Euler.
  • Por sua vez, as obrigações para a migração da banda C para a banda Ku é estimada em torno de R$ 2,5 bilhões.

Além desses valores, tem as obrigações instituídas pela Portaria 1.924/2021. A rede privativa para o governo, sendo infraestrutura móvel nas capitais e Distrito Federal e rede fixa no Brasil inteiro, foi avaliada pelo Ministério das Comunicações em R$ 1 bilhão. Por sua vez, o programa Norte Conectado tem estimativa de R$ 1,5 bilhão. Já a limpeza da banda C estendida para evitar aplicações nas antenas profissionais de banda C, segundo fontes da agência estimaram a este noticiário, deve ficar entre R$ 300 milhões e R$ 350 milhões, mas esse valor ainda não está fechado.

Além dessa quantia total de até R$ 35 bilhões para o valor do espectro, a agência estima que, nos próximos 20 anos, as redes de 5G demandarão investimentos da ordem de R$ 80 bilhões pelas empresas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile