Telefônica promete integração 4G e Wi-Fi em 2014

As operadoras celulares do mundo todo estão investindo em redes Wi-Fi como complemento à sua cobertura celular, de maneira a descongestionar seu espectro licenciado. A Telefônica quer dar um passo além nesse sentido e implementar uma rede híbrida em que o cliente seja transferido de Wi-Fi para 4G e vice-versa sem notar a mudança, mesmo se estiver no meio de um streaming de vídeo ou de uma chamada telefônica. Trata-se de uma rede Wi-Fi evoluída e totalmente integrada à infraestrutura móvel da operadora. Além disso, a ideia é que o usuário não precise preencher um usuário e senha a cada vez que entrar na rede Wi-Fi: sua identificação será automática. Segundo o CTO global do grupo espanhol, Enrique Blanco, a operadora será a primeira a lançar uma rede convergente LTE/Wi-Fi com essas características, o que deve acontecer em 2014. "A Telefônica quer se transformar em um provedor de conectividade inteligente", disse o executivo, durante coletiva de imprensa no Mobile World Congress (MWC), em Barcelona.

De acordo com Blanco, a decisão de investir em redes heterogêneas está relacionada à evolução do mercado e ao uso feito pelos consumidores. Atualmente, ele calcula que mais de 80% do tráfego de dados em smartphones e tablets dos clientes da Telefônica em alguns países passa por redes Wi-Fi. Além disso, todos os modelos de smartphones hoje em dia vêm com conectividade Wi-Fi.

Em testes realizados na Espanha, a operadora concluiu que a integração funciona bem e ajudou a melhorar a conexão nas redes 3G e 4G. Mas reconhece que a autenticação automática é essencial para a convergência dessas redes e isso requer ainda uma padronização de mercado, que deve ficar pronta em 2014.

VoLTE

A Telefônica promete lançar serviços de voz sobre a rede 4G, o chamado VoLTE (Voice Over LTE), dentro de dois anos, quando o padrão de mercado estiver definido. Trata-se da transmissão de voz na forma de dados, pela rede LTE. Segundo Blanco, além da qualidade de áudio ser muito melhor, o tempo para completar uma chamada fica 20 vezes mais rápido, praticamente imperceptível para o usuário. Hoje, em redes 3G e 2G, em que a voz é transmitida por comutação de circuitos, a chamada é completada em aproximadamente três segundos ou mais.

Demonstrações de VoLTE e da integração entre Wi-Fi e LTE estão sendo apresentadas no stand da empresa no MWC com equipamentos da Ericsson, Qualcomm, LG, Samsung e Sony.

Chile

A Telefônica anunciou que usará equipamentos da Samsung em sua rede 4G no Chile. Outro fornecedor que já havia sido divulgado é a Nokia Siemens Networks.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.