Zain sai da estrutura da Telemar, transferindo ações para Citi, fundos e Opportunity

Uma das etapas que podem facilitar um eventual processo de fusão entre a Oi e a Brasil Telecom acaba de acontecer: a empresa Zain Participações S/A, controladora da BrT, deixa de fazer parte do capital social da Telemar. A Zain tinha pequeno percentual na empresa Argolis, onde também estão Opportunity Fund e Citibank. A Argolis, por sua vez, é acionista da Lexpart, acionista da Telemar. Como os acionistas de Zain Participações S/A são exatamente Citibank, fundos de pensão e Opportunity, o que foi feito foi uma cisão das ações de Argolis controladas por Zain (15,16% do capital) entre seus acionistas. Assim, o capital da Argolis passará a ser comporto por Opportunity Fund, com 46,63%, contra 45,18% atualmente; CVC International (Citibank), que fica com 45,53%, contra 38,67% atualmente; e Investidores Institucionais, que ficam com 7,4% de Argolis. Hoje, os fundos não têm ações diretas na Argolis. A Argolis, como se sabe, controla a Lexpart, que por sua vez tem pouco mais de 10,2% do capital da Telemar, o mesmo que os acionistas controladores GP, Andrade Gutierrez e La Fonte. A diferença é que a Lexpart não participa do controle da tele por determinação da Anatel, já que seus acionistas são controladores da Brasil Telecom. Segundo o protocolo de cisão das ações de Zain na Argolis, a justificativa para a operação é segregar os investimentos dos sócios na Brasil Telecom e na Telemar e, com isso, dar transparência e facilitar o processo de desinvestimento "por parte dos acionistas de ambas as companhias". Uma das opções de desinvestimento (mas não a única) é a fusão entre as duas empresas, com a compra da Brasil Telecom por acionistas da Oi.
A cisão anunciada precisa ser ratificada por assembléias de Zain e Argolis e pelos debenturistas de Zain Participações. A assembléia de Zain está convocada para 8 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.