Nokia lidera projeto 6G financiado pelo governo da Alemanha

A Nokia está liderando um projeto de pesquisa e padronização da tecnologia 6G financiado pelo governo da Alemanha, anunciou a fornecedora.

Chamado de 6G-ANNA, o piloto contará com a fabricante finlandesa e mais de 30 parceiros – incluindo Ericsson, Bosch, Siemens, Airbus e Vodafone. A iniciativa terá três anos de duração.

O financiamento da empreitada virá do Ministério Federal de Educação e Pesquisa (BMBF, na sigla em alemão). O 6G-ANNA faz parte da iniciativa 6G Platform German e tem um volume total de 38,4 milhões de euros em recursos previstos.

Notícias relacionadas

A Nokia deve desempenhar um papel central nos trabalhos. A empresa afirmou que se concentrará no desenho de uma arquitetura 6G de ponta a ponta, com foco especial em três áreas: acesso 6G, "rede das redes" e automação. Temas mais específicos como sub-redes, realidade estendida (XR) e geminação digital em tempo real também farão parte dos testes.

Além disso, a fornecedora deverá interagir com o ecossistema alemão, incluindo quatro 6G Hubs acadêmicos com mais de 60 representantes universitários. A colaboração do 6G-ANNA com outros projetos similares na Europa e nos Estados Unidos é outro ponto previsto. 

2030

"Embora não se espere que as primeiras redes 6G estejam comercialmente disponíveis antes de 2030, já estamos estabelecendo as bases técnicas com o 5G-Advanced, bem como a inovação de longo prazo que impulsionará os desenvolvimentos 6G", apontou, em comunicado, o head de padronização da Nokia, Peter Merz. 

Este não é o primeiro projeto desta natureza em que a companhia finlandesa participa; a Nokia já foi apontada como líder de outro programa 6G europeu, além de colaborar com empresas como a japonesa NTT em torno do tema. 

Deixe seu comentário