Para Ancine, PLC 116 deve ser aprovado até o meio do ano

O PLC 116, que abre o mercado de TV a cabo para as operadoras de telecomunicações e cria regras para o conteúdo nacional, deve ser aprovado no Senado até o meio do ano. Esta é a expectativa de Manoel Rangel, presidente da Ancine. Segundo ele, o projeto de lei tem "90% de consenso". "Há um grande acordo construído. O projeto está em condições de ser votado", diz Rangel. No entanto, lembra o presidente da Ancine, ainda há agentes econômicos trabalhando pela não aprovação do projeto.
Para a Ancine, o projeto reforçará a demanda por conteúdos audiovisuais brasileiros, por conta das cotas de conteúdo e de canais brasileiros estabelecidas e da criação dos mecanismos de fomento. Em nível internacional, explica Rangel, isso gerará escala para a criação de empresas distribuição do conteúdo brasileiro.
Manoel Rangel falou nesta terça, 22, no Encontro Tele.Síntese, em São Paulo.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.