Na Europa, Digital Colony cria joint-venture para edge ao lado de operadora

Foto: Pixabay

Controladora da Highline do Brasil, a empresa de private equity com foco em telecomunicações Digital Colony criou uma joint-venture com a Liberty Global para atuação no segmento de edge computing na Europa.

Batizada como AtlasEdge, a nova empresa deve operar no Reino Unido, Irlanda, Polônia e Suíça. Nos mercados, as operações da Liberty servirão como clientes âncora do negócio – inclusive a britânica Virgin Media, que está em fusão com a Telefónica O2.

A expectativa é contar com pelo menos 100 data centers edge e iniciar operações no terceiro trimestre, a depender de aprovações regulatórias. Menores que as estruturas tradicionais, os sites edge descentralizam a capacidade computacional na direção das bordas da rede, diminuindo requisitos como latência por estarem mais próximos ao usuários final.

Notícias relacionadas

Ativos

Segundo comunicado, a Liberty Global repassará ativos imobiliários e de infraestrutura à AtlasEdge, além de fornecer suporte estratégico e operacional para o negócio. Já a Digital Colony fornecerá direção estratégica e capital para apoiar o crescimento no continente.

A empresa de private equity tem ampliado sua atenção no Brasil, inclusive com a compra (por meio da Highline) de torres da Oi. A subsidiária também tem interesse de participar da implementação do 5G no País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.