Ações da Microsoft despencam mais de 11% após divulgação de resultado

Um dia após a divulgação dos resultados financeiros do quarto trimestre e do ano fiscal de 2013, encerrados em 30 de junho, as ações da Microsoft despencaram na bolsa eletrônica Nasdaq. Os papéis da companhia abriram o pregão desta sexta-feira, 19, com queda de 10%, cotadas a US$ 31,91. A situação se agravou ainda mais por volta das 13h (horário de Brasília) quando as ações eram negociadas a US$ 31,50, o que representa desvalorização de mais de 11%.

Apesar de conseguir reverter prejuízo registrado no mesmo período do exercício fiscal anterior, a forte queda nas vendas de PCs – que funcionam como termômetro para a venda do Windows, sistema operacional que equipa a maioria dos computadores no mundo – e a perda de US$ 900 milhões no lucro, decorrente da fraca demanda por seu tablet Surface, que ficou encalhado nos estoques dos revendedores, fizeram com que os investidores reagissem desfavoravelmente. A receita da Microsoft também ficou cerca de US$ 850 milhões abaixo das expectativas de Wall Street, segundo o jornal britânico Financial Times, com a divisão Windows sendo a mais atingida, com receita de US$ 4,2 bilhões, sendo que a projeção apontava para US$ 4,8 bilhões.

Na semana passada, a Microsoft anunciou uma reorganização interna para melhor se posicionar no mundo pós-PC, passando a concentrar o foco na venda de dispositivos e serviços, em vez de se manter como uma empresa de software.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.