Level 3 terá cabo submarino próprio para conectar a Colômbia

A Level 3 anunciou nesta terça, 18, que construirá um cabo submarino para conectar a Colômbia ao seu sistema de cabos SAC, que circunda a América do Sul com pontos de conexão na Argentina, Brasil, Chile, Panamá, Peru e Venezuela. "Já temos uma rede terrestre grande na Colômbia, com redes metropolitanas em cidades como Cali, Medelín e Bogotá, mas para oferecer nosso portfólio completo de produtos, o fazíamos com cabos submarinos de terceiros, alugando capacidade ou através da compra de direitos de uso. Agora faremos a construção de cabos próprios", conta o vice-presidente sênior de Wholesale Services na América Latina da Level 3, Gabriel Holgado.

O projeto da Level 3 se destaca, segundo Holgado, por ser o primeiro a conectar a Colômbia com cabos submarinos pela costa do Pacífico – o ponto de conexão será em Cali. "Todos os cabos que atendem a Colômbia hoje estão no Mar do Caribe e essa nova rota confere uma diversidade geográfica muito importante para o país ao reduzir a dependência das rotas do Caribe", diz. A ideia é fazer de Cali um ponto de desenvolvimento para a região. "A Colômbia é um mercado que tem crescido muito, especialmente com o aumento da demanda por cloud e serviços de nova geração, e a construção de uma infraestrutura submarina própria garantirá o crescimento da Level 3 (naquele país)", avalia Holgado.

De acordo com o executivo, a Level 3 já deu início aos estudos e aos pedidos de autorização para a construção do cabo e a expectativa é de que o a rota esteja operacional no primeiro trimestre de 2015.

Veja abaixo os backbones submarinos na América do Sul:

Fonte: Atlas Brasileiro de Telecomunicações 2014.

 

O segmento terrestre do cabo submarino será construído em parceria com a estatal Emcali (Empresas Municipales de Cali), que usará a capacidade da rede de cabos submarinos da Level 3 para conectar Cali às principais cidades do continente, como Nova York, Los Angeles, Cidade do México, Santiago do Chile, Buenos Aires e São Paulo.

 

Confira abaixo o footprint dos sistemas de cabos submarinos da Level 3 na região:

Fonte: Atlas Brasileiro de Telecomunicações 2014.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.