Anatel publica novos requisitos para certificar equipamentos 5G

A Superintendência de Outorgas e Recursos a Prestação (SOR) da Anatel atualizou, por meio dos Atos 3151, 3152 e 3153, os requisitos técnicos necessários que permitirão a certificação e comercialização dos equipamentos da tecnologia 5G que operadoras de telecomunicações utilizarão. Os novos requisitos também se estendem para equipamentos de estações de acesso como modens e equipamentos de Internet das Coisas. Com a publicação desses requisitos, as indústrias de equipamentos se preparam para apresentar os primeiros pedidos de homologação de equipamentos 5G junto à agência.

Os novos requisitos foram construídos a partir de padrões internacionais, como 3GPP e ETSI, e contou com participação de laboratórios de ensaios, organismos de certificação, fabricantes de equipamentos e operadoras. Além disso, a Anatel informou que os textos passaram por consulta pública.

5G cada vez mais perto

A partir de agora, as prestadoras poderão implantar redes com a tecnologia 5G utilizando equipamentos que operam nas faixas que elas já utilizam para o 4G e o 3G, desde que os produtos atendam aos requisitos publicados pela Anatel. As condições de uso do espectro das faixas de 2,3 GHz e 3,5 GHz, para evitar interferências em outros serviços, ainda estão sob especificação da agência. Quando tais condições forem publicadas, os requisitos técnicos já estarão preparados para permitir a certificação de novos equipamentos nessas faixas.

Os novos requisitos levam em consideração a observação das faixas de frequências e condições de convivência com outros serviços aprovados no Brasil, a prevenção de interferências de equipamentos em outros sistemas e a manutenção de um mínimo de qualidade e segurança para permitir o desenvolvimento de diversas soluções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.