Angola Cables assina MoU para parceria com operadora de Macau

A operadora de infraestrutura Angola Cables firmou um memorando de entendimento (MoU, na sigla em inglês) com a provedora de serviços CTM Macau para parceria de negócios visando "oportunidades digitais" entre Macau, na China Continental, Angola, Brasil e outros os países africanos de língua portuguesa.

A operadora da região autônoma da China tem planos de alavancar sua infraestrutura a partir da Grande Baía de Macau e torná-la um centro para a digitalização na região Ásia-Pacífico, sendo ponto de aterrissagem de sistemas internacionais de cabos e hospedagem de data centers. Já a Angola Cables possui uma rede de cabos submarinos que liga os continentes da região atlântica.

Notícias relacionadas

Segundo o CEO da empresa angolana, António Nunes, a parceria deve viabilizar ligações mais "eficientes" com o Oriente a partir dos países onde a Angola Cables atua. "A expansão da conectividade no hemisfério sul tem o potencial de desbloquear as muitas vantagens e benefícios trazidos pelo acesso digital seguro – da promoção do comércio exterior ao desenvolvimento econômico robusto", afirmou. Já o CEO da CTM Macau, Vandy Poon, destacou a importância da expansão da rede da empresa no contexto de iniciativas como a Nova Rota da Seda.

A Angola Cables já firmou outras parcerias visando o fortalecimento de rotas Sul-Sul: em outubro passado, a operadora anunciou testes ao lado da Telekom Malaysia para interligação de sua rede com a Malásia; já em novembro, a empresa iniciou planos para uma rota expressa Angola-Brasil-EUA ao lado da fornecedora de tecnologia Nokia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.