Mudança de comando da Telecom Italia não deve ter efeitos sobre estratégia da TIM Brasil no curto prazo

Ao que tudo indica, as mudanças de comando na telecom Italia não terão, pelo menos no curto prazo, nenhum impacto sobre as operações da TIM Brasil. As razões que levaram à queda de Amos Genish do comando da operadora italiana nesta terça 13, estão ligadas ao conflito societário entre a Vivendi e o fundo Elliot e a uma disputa com o governo italiano sobre a conformação da operadora de rede de fibra ótica que está sendo implementada na Itália. São questões, portanto, domésticas, e não relacionadas a visões conflitantes sobre as operações internacionais. A tendência, obviamente, é que assuma um CEO alinhado à maioria do conselho, eventualmente até mesmo um integrante do conselho de administração da companhia. Esta decisão deve ser tomada no próximo domingo, dia 18. As decisões estratégicas mais recentes, como a oferta para a compra da Nextel, foram emanadas justamente do conselho. O que significa que é pouco provável uma alteração nestas diretrizes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.