Oi anuncia plano de demissão voluntária para reduzir 2 mil cargos

Três dias depois da homologação do aditamento do plano de recuperação judicial, a  Oi anunciou nesta sexta-feira, 9, um plano de demissão voluntária (PDV) para reduzir cerca de 2 mil postos de trabalho, ou 15% do seu quadro funcional. O "Plano de Incentivo de Saída" da companhia foi informado em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

Segundo a operadora, os funcionários que aderirem terão "direito a condições diferenciadas que incluem parcela de natureza indenizatória em função do tempo de empresa e extensão de benefícios como plano de saúde, plano odontológico e seguro de vida, entre outras concessões". 

A Oi diz que o PDV é decorrente da reestruturação promovida com a implantação do plano estratégico de transformação e da "necessidade natural de readequação de estruturas organizacionais, em linha com o aditamento ao plano de recuperação judicial", que foi homologado nesta semana pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. 

Desde 2016 o quadro de funcionários da Oi estaria "praticamente inalterado", segundo a própria empresa, "apesar de todas as adversidades" da implantação da RJ. A empresa coloca ainda que os ajustes promovidos nesta sexta-feira são "decorrentes de diversas ações de simplificação e eficiência das operações, buscam a sustentabilidade do negócio, com uma empresa mais leve e com mais flexibilidade para seguir atendendo, cada vez melhor às atuais demandas por conexão, comunicação,, informação e serviços digitais pela sociedade."

Estratégia

A empresa destaca que o plano estratégico inclui foco na fibra ótica, e que pressupõe, "entre outras iniciativas, uma transformação no perfil de gestão e operacional". As mudanças visam buscam, segundo a OI: 

  • Buscar a sustentabilidade do negócio;
  • Garantir maior aderência da estrutura da companhia às diretrizes do plano estratégico;
  • Acelerar o desenvolvimento e investimentos na sua infraestrutura de fibra, refletindo as atuais demandas da sociedade por conexão, comunicação, informação e serviços digitais;
  • Simplificar e otimizar processos de gestão, com maior controle e eficiência de resultados;
  • Reduzir níveis hierárquicos visando maior produtividade e agilidade na tomada de decisões;
  • Capturar ganhos decorrentes da automação de processos, digitalização e evolução tecnológica;
  • Seguir uma tendência de modelos transversais, multidisciplinares, utilizando-se de metodologia ágil e estruturas mais horizontalizadas.

22 COMENTÁRIOS

  1. Em meio à calamidade pública que castiga o mundo a Oi promove o desemprego de trabalhadores num setor considerado essencial. Discordamos da necessidade destas demissões mesmo entendendo que é prerrogativa patronal contratar ou demitir, mas quem busca recuperação e incentivos públicos para prestar serviços de natureza pública prestados pela iniciativa privada, deveria ter mais responsabilidade social em não contribuir para ampliar os índices de desemprego do país.

    • É só você pagar o salário desses 2 mil funcionários, que acredito ser meio milhão por mês ou 7 milhões por ano, por décimo terceiro, férias, etc. que a Oi não mandará ninguém embora. Fácil falar!

    • Isso não é verdade, praticamente todas as empresas do mundo fizeram isso, perante o cenário atual global, fizeram readequação no quadro de funcionários, cortaram gastos etc. E a OI até hoje tentou se manter firme com todos os funcionários, infelizmente agora tentando melhor se reestruturar fazendo oque todos fez,
      E para manter os outros mais de 10mil, vocês manda uma matéria tendenciosa e manipuladora, e pior tem gente que cai na onda ainda, Ela se reestruturando e vai! Agregara muito mais funcionários e agregara muito mais ao Brasil.

    • Saliente-se que trata-se de um Programa de Demissão Voluntária – PDV. A empresa não está demitindo puro e simplesmente. E isto já foi feito pelo Banco do Brasil, entre outros bancos e empresas em geral. A Administração da OI S.A. estaria errada se nada estivesse fazendo para recuperar esta relevante empresa.

  2. O jeito é ir trabalhar no GatoNet, lá estão contratando e lá não tem crise. Clientela fiel, paga em dia. Negócio lucrativo, devia abrir IPO na bolsa.

  3. Responsabilidade deveria ter é o governo com uma carga tributária tão alta em cima das empresas que geram empregos, vai trabalhar em Países pra vê se tem 13° , 1/3 de ferias , multa FGTS , por que será que se ganha melhor no Japão e nos EUA.

    • Meu pai amado, é cada pessoa ignorante comentando, uns falando de Lula ainda, outros sobre julgando o benefício do trabalhador (até do 13, que mal sabem que é um valor pertencente ao trabalhador, que por alguma razão é retirado mensalmente pra jogar pro final do ano e dizer q é benefício), mas esquecem de cobrar sobre o auxílio paletó e moradia, enfim a hipocrisia.
      Mas saindo da questão política e partindo pra uma visão analista e sensata da situação da Oi, a mesma teve oportunidades de realizar cortes em massa, com muito menos benefícios pro trabalhador, escolheu um momento onde o mercado de trabalho está mais apto e receptivo, teve consideração para com seus colaboradores, uma atitude empresarial que deve ser exaltada, concedendo ainda diversos benefícios que os mesmos não teriam direito e dando a oportunidade pra quem não deseja mais fazer parte do time e está desmotivado à buscar um novo objetivo, isso é uma visão administrativa e estratégica incrível, que visa n somente o benefício da empresa como tbm o do colaborador, é uma forma de manter apenas aqueles que querem estar ali, é uma visão que poucas empresas têm e que o mercado precisa muito, uma visão que te faz querer vestir a camisa da empresa, pq ela te dá uma camisa limpa pra vestir, é isso que falta no mercado de trabalho, consideração e com isso meus aportes na Oi ficarão ainda maiores, vendo essa nova visão, me mostra que será uma empresa ainda maior no futuro!

  4. Funcionário que está preparado para o mercado não tem medo de demissão. Vai receber uma boa grana e ainda vai sair ganhando mais.

  5. Lamentável, além de demitir funcionários vão prestar um atendimento pior do que já é com a falta de mão de obra, Oi seguindo ladeira abaixo cada vez mais.

  6. Que parte da DEMISSÃO VOLUNTÁRIA tu não entendeu? A empresa está em recuperação judicial e se reestruturando. Vai vender a telefonia móvel pra investir em fibra ótica. Se não tem como realocar o pessoal, demite. E lembrando que é DEMISSÃO VOLUNTÁRIA. Sai quem quer.

    • Falar é fácil né amigão hipócrita . ? Defendendo a Oi, e dando bica no trabalhador pai de família. Perdir demissão no atual cenário Global, tu não quer né espertao….

    • Isso é papo furado de demissão voluntária. Ninguém vai pedir no atual cenário global. É a desculpa perfeita para se iniciarem os cortes. Vai dizer depois de dezembro que não atingiu a meta e vai mandar estes 2 mil embora. Se for para começar pelo maior salário, porquê o PR da Oi não pede demissão ? Esperto ele né

  7. Colocar robô no atendimento é péssimo.
    Te dão 4 opções para o seu problema , em nenhum deles tive como comunicar que o cabo do telefone foi arrancado por galhos de árvore.
    É necessário o ser humano no atendimento pelo telefone.
    Não vejo mais carro da Oi passando pelas ruas .
    Tive que oferecer dinheiro para técnico de outra empresa , pegar a escada dele e fazer o conserto para mim.

  8. Tenho 15.000 ações da Oi, meu sonho é essa diretoria coloque as coisas no lugar o quanto antes, doa a quem doer. Vivemos mim país totalmente capitalista, vai comprar sei arroz, feijão e mistura sem dinheiro…

  9. Engraçado. Porquê o Presidente da Oi não pede demissão ? Se for para começar com o maior salário, que comece pelo dele. Pimenta no dos outros é refrescante demais. Não é mesmo Sr PR da Oi

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.