Telefónica confirma compra de títulos de ações ordinárias da Telecom Italia

Durante a conferência para analistas na manhã desta sexta, 8, a Telefónica confirmou a compra dos títulos de ações conversíveis da Telecom Italia e mostrou otimismo com o plano industrial apresentado na quinta-feira em Milão. Segundo o CFO do grupo espanhol, Ángel Vilá, a empresa comprou 103 milhões de euros para mitigar a diluição na participação indireta no grupo italiano – a Telefónica detém 46% da Telco, que é a maior acionista da Telecom Italia, com 22,4% das ações. "Sim, nós participamos na emissão mandatória em apoio ao plano de (CEO da italiana, Marco) Patuano", afirmou Vilá.

O CFO explicou que as intenções da espanhola estão de acordo com o plano industrial da italiana para o triênio 2014-2016, que prevê aumento de capital de mais de 4 bilhões de euros com a venda de ativos e maior eficiência nos investimentos operacionais. "Acreditamos que é importante prover estabilidade para a companhia, por isso nós chegamos a um acordo para recapitalizar a Telco", declarou Vilá. "Achamos que a direção (da Telecom Italia) está no caminho certo ao fortalecer o negócio doméstico e investir na Itália, além das ações para ganhar flexibilidade financeira", detalhou.

A emissão dos títulos conversíveis em ações ordinárias com vencimento em novembro de 2016 da Telecom Italia totalizou 1,3 bilhão de euros e foi realizada com sucesso nesta sexta-feira. Como a companhia recebeu grande demanda na transação, optou por não emitir nenhum título de ações de resgate, conforme previsto no anúncio da quinta-feira; e manteve a totalidade em ações ordinárias. Cada título emitido foi registrado com valor de 100 mil euros, o que indica que a Telefónica fez um investimento em 7,92% do total dos títulos, suficiente para manter sua participação na empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.