Agora é oficial: autorizadas ultrapassam concessionárias na telefonia fixa

Foto: Pixabay

Os dados divulgados pela Anatel mostram que, pela primeira vez na história, as operadoras autorizadas ultrapassaram as concessionárias na prestação do serviço de telefonia fixa (STFC) no mês de dezembro de 2021. As operadoras autorizadas estão com 14.380 milhões de linhas ativas do serviço, enquanto as concessionárias ficaram com 14.320 milhões.

Trata-se da primeira vez que o modelo de autorização para o serviço supera de fato a concessão desde pelo menos 2008, possivelmente antes. Os números da agência ainda mostram que em junho do ano passado já isso teria acontecido. Porém, a equivalência na queda abrupta – e, mais difícil ainda, com crescimento posterior – das concessionárias indica que pode ter havido erro na coleta de dados desse mês específico.

Tanto que logo em julho, o cenário já teria voltado ao que era esperado: as concessionárias voltaram a ter maioria, ainda que a tendência de queda tenha permanecido. Nos meses seguintes, as linhas foram ficando ainda mais próximas, convergindo agora, justamente nos últimos 31 dias de 2021. Veja no gráfico abaixo:

Notícias relacionadas
Fonte: Anatel

Houve uma pequena queda na quantidade de linhas ativas do serviço de telefonia entre novembro de dezembro de 2021. Os dados apontam que agora são 28,7 milhões de linhas ativas do serviço, enquanto que em novembro eram 28,9 milhões. A diferença mensal foi de 0,7%.

Comparando os dados de dezembro de 2021 com dezembro de 2020, a diferença anual foi de -5,8% de linhas ativas. A maior queda anual foi registrada na região Sul, com o registro de 9,0% a menos de linhas ativas. Um dado curioso é que na região norte, mais pessoas resolveram adquirir linhas telefônicas fixas. Entre novembro e dezembro de 2021 houve um pequeno aumento de 0,4% na quantidade de linhas ativas naquela região.

Densidade

Dezembro de 2021 fechou com 13,6 linhas ativas a cada 100 habitantes. Comparado com o mês anterior, a queda foi de -0,7% de linhas ativas nessa densidade. O Distrito Federal continua sendo a maior unidade da federação com mais linhas ativas a cada 100 habitantes: são 24,2. Já o estado do Maranhão é onde se tem a menor densidade do Brasil. O estado registra apenas 3,1 alinha ativa a cada 100 habitantes.

Queda global

Dados divulgado pela União Internacional de Telecomunicações em dezembro de 2021 mostra uma queda global na quantidade de assinaturas do serviço de telefonia fixa. A organização mostra que há um declínio constante de acessos de STFC, com 11 acessos por 100 habitantes em todo o mundo, abaixo do pico de 19 por 100 em 2006. O declínio é visto em todas as regiões, exceto nos Estados Árabes, onde as assinaturas de telefones fixos voltaram a crescer desde 2015. (Colaborou Bruno do Amaral)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.