American Tower conclui compra de 7 mil torres da Telefónica na América Latina

A American Tower concluiu na América Latina a aquisição das torres da Telxius (subsidiária da Telefónica) anunciada em janeiro, informou a operadora de infraestrutura.

Em comunicado, a empresa revelou que o negócio no continente envolve 7 mil pontos de comunicação no Brasil, Peru, Chile e Argentina e está avaliado em 900 milhões de euros (cerca de US$ 1,1 bilhão ou R$ 5,5 bilhão).

Globalmente, a transação envolve um total de 30,7 mil torres, incluindo também os mercados da Espanha e Alemanha. Na Europa, o negócio foi fechado na semana passada por 6,2 bilhões de euros.

Notícias relacionadas

No caso dos 7 mil sites latino-americanos, a indicação é de maior concentração no Brasil e no Peru. Números específicos por mercado não foram revelados; a Telxius, contudo, entrou em 2020 com 3,8 mil torres em solo brasileiro. A venda dos ativos já recebeu sinal verde do Cade

Em comunicado próprio, a Telefónica (controladora da Vivo) afirmou que os recursos recebidos com a venda das torres na América Latina contribuirão para reduzir o endividamento líquido da empresa em cerca de 0,5 bilhão de euros.

Âncora

"Com a Telefónica como nossa parceira locadora âncora e oportunidades atraentes de colocation quando a implementação de 4G e 5G acelerar, esperamos movimentar crescimento forte sustentável a longo prazo e rendimentos atraentes na região", afirmou o CEO da American Tower, Tom Bartlett.

A companhia norte-americana calcula que os ativos gerem cerca de US$ 70 milhões em renda e aproximadamente US$ 40 milhões em margem bruta no balanço em 2021, nas taxas de câmbio atuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.