Exportação de bens de telecomunicações cai em julho

Relatório da balança comercial referente ao mês de julho divulgado pela Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) nesta quinta-feira, 6, afirma que as exportações de bens de telecomunicações tiveram a maior queda registrada entre os mercados avaliados. De acordo com o levantamento, o setor encolheu 44,4% em comparação com julho de 2011, saindo de US$ 75,4 milhões no ano passado para US$ 41,9 milhões em 2012.

A queda, diz a entidade, foi motivada pela baixa nas vendas de telefones celulares, totalizando US$ 20 milhões – metade do registrado no mesmo período do ano anterior. Na comparação com junho deste ano já houve uma diminuição significativa de 11,5% e, no acumulado de janeiro até julho, a queda foi ainda maior, chegando a 36,2%. Novamente, a exportação de handsets foi a grande responsável pelo resultado negativo (-49%), saindo do montante de US$ 315 milhões para US$ 160 milhões.

Também houve uma queda na importação de bens de telecomunicações. Na comparação com julho de 2011, o setor teve retração de 25,9%. A compra de telefones celulares de outros países caiu 78%, encolhendo de US$ 113 milhões no ano passado para US$ 25 milhões neste ano. A queda total entre janeiro e julho de 2012 foi de 15,7%. Ainda assim, componentes para telecomunicações foram os produtos mais importados no período, totalizando US$ 3,329 bilhões, alta de 2% em relação aos sete primeiros meses de 2011.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.