Multidestinação da Banda S é aprovada pela Anatel

O Conselho Diretor aprovou por unanimidade nesta quinta-feira, 6, a multidestinação das faixas para a banda S. Será na configuração de 30 + 30 MHz nas faixas de 1.980-2.010 MHz, e na de 2.170-2.200 MHz, para serviços de celular (SMP), de Internet fixa (SCM), telefonia fixa (STFC), limitado privado (SLP) e móvel global por satélite (SMGS). 

As condições de uso da faixa que envolvam questões político-regulatórias serão objeto de novo debate do conselho, "após análise mais profunda pela área técnica", e serão definidos em outra resolução. Após essa fase, a Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação da Anatel definirá os requisitos técnicos e operacionais aplicáveis à faixa. 

A proposta havia sido criticada por operadoras durante a consulta pública para tratar do assunto em 2019. Uma das objeções era da Claro, que afirmava contar com operação relevante nas subfaixas de 1.900 a 1.910 MHz e 1.980 a 1.990 MHz, ainda para o STFC. A operadora apontava ainda dificuldade de convivência com serviços terrestres e satelitais. A Vivo pediu que o assunto fosse colocado em debate, e demonstrou preocupação com regras de condições de uso das faixas. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.