Governo cancela discussão sobre PGO

O encontro entre Casa Civil, Ministério das Comunicações e Anatel onde deveria ser debatido o impasse sobre a proposta da agência reguladora para a mudança do Plano Geral de Outorgas (PGO) acabou não ocorrendo nesta sexta-feira, 6. O ministro Hélio Costa e o presidente da Anatel, embaixador Ronaldo Sardenberg, haviam anunciado nessa quarta-feira, 5, que a reunião seria realizada, mas a Casa Civil em momento algum confirmou essa agenda.
A única reunião ocorrida hoje na Casa Civil envolvendo o tema "telecomunicações" ocorreu às 14h e contou com a presença da equipe técnica dos ministérios da Educação e das Comunicações, além do presidente da Anatel. O tema foi a execução do projeto de banda larga nas escolas e não houve qualquer decisão envolvendo a reforma regulatória do setor. "Foi uma reunião de trabalho sobre banda larga", declarou o secretário de telecomunicações do Minicom, Roberto Pinto Martins, que participou do encontro com Dilma.
Estava prevista uma segunda reunião na Casa Civil, desta vez com o ministro Hélio Costa e com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. A Casa Civil não divulgou o motivo do encontro, mas a reunião, em princípio, seria para tratar da compra da Brasil Telecom pela Oi, segundo informações extra-oficiais. No entanto, a agenda não foi cumprida por conta da ausência do ministro Hélio Costa, que se encontra fora de Brasília. Nesta reunião, segundo a equipe da Casa Civil, não haveria a participação do presidente da Anatel.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.