Operadoras testam LTE Broadcast com a Qualcomm no Brasil

A Qualcomm está em fase de testes no Brasil para utilizar a tecnologia de LTE Broadcast, revelou o diretor de ecossistema da empresa para a América Latina, Dário Dal Piaz, nesta quarta-feira, 6. A tecnologia da fornecedora consiste em transmitir um mesmo conteúdo para vários dispositivos conectados em uma mesma célula da rede móvel, desafogando um tráfego ao exibir streaming de uma partida de futebol para celulares no estádio, por exemplo. "Várias operadoras estão trabalhando aqui no Brasil conosco, e (o lançamento) vai ser ainda neste ano, em alguns eventos esportivos que serão transmitidos com o LTE Broadcast", revelou Dal Piaz.

Atualmente, a tecnologia está em teste com as teles. O executivo não revelou quais operadoras, limitando-se apenas a dizer que se tratam das "principais". Importante lembrar que o LTE Broadcast será utilizado pela Telecom Italia (em parceria com a Huawei) e já foi utilizado pela norte-americana Verizon com a Ericsson, além de ser considerado um candidato para a próxima geração da radiodifusão de TV terrestre na Europa. O sistema também permite transmissão de conteúdos pesados, como atualizações de software, ou mesmo de alertas de emergência. Esta semana a Claro anunciou estar trabalhando em um projeto de conteúdos esportivos por streaming, sem dar detalhes. Vale lembrar que a Embratel é patrocinadora dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Notícias relacionadas

A Qualcomm espera ainda que desenvolvedores auxiliem na popularização da plataforma. A empresa liberou o LTE Broadcast SDK para que aplicações se tornem compatíveis com a tecnologia, embora seja necessário acordo com operadoras. "Temos uma equipe de engenheiros trabalhando com operadoras aqui no País", reforçou Dal Piaz. Importante lembrar, contudo, que o sistema necessita de compatibilidade de hardware também, como no caso das últimas famílias do processador Snapdragon, da própria fornecedora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.