TIM firma contrato com Minas Gerais para 4G em localidades remotas

A TIM firmou um acordo com o governo de Minas Gerais que prevê a instalação de antenas e ativação de rede 4G em 38 localidades afastadas do estado.

O compromisso faz parte do programa Alô, Minas!. No formato, as prefeituras das cidades contempladas deverão prover e disponibilizar terrenos para que as operadoras possam construir e instalar as antenas ou torres de telefonia, acelerando a expansão da infraestrutura.

A assinatura do contrato com a TIM era prevista após resultado de seleção pública realizada em agosto, visando 147 localidades. Na ocasião, Claro (89 localidades) e Vivo (20 localidades) também levaram parte dos 14 lotes disponibilizados – e que receberam propostas de R$ 69,6 milhões.

Notícias relacionadas

A partir do investimento, o governo estadual pretende contemplar 109.554 mil mineiros com o sinal de Internet e telefonia móvel. Uma fase anterior do programa tinha a Algar como parceira.

Avanço

No caso da TIM, entre as localidades que devem ser beneficiadas em breve estão a Vila Formosa de Minas, em Rio do Prado, no Vale do Jequitinhonha; Vieiras Bravos, em Candeias, no Centro-Oeste; Penha, em Guaraciaba, na Zona da Mata; Alto Jatobá, em Porteirinha, no Norte; Manducas, em Imbé de Minas, no Rio Doce; e Biguatinga, em São Pedro da União, no Sul do estado.

"A participação no projeto do governo do Estado está alinhada com a missão da TIM de atender, até 2022, 100% do estado de Minas Gerais com o sinal 4G e, até 2023, todos os municípios brasileiros com a rede de quarta geração", afirmou o diretor comercial da regional Sudeste da TIM Brasil, Daniel Oliveira, em comunicado.

Além da participação no programa Alô, Minas!, a TIM também sinalizou um compromisso com o governo mineiro para levar, até o fim deste ano, o sinal 4G para mais 213 municípios da região – totalizando uma presença da operadora em 810 cidades ao fim de 2021 (o estado conta com 853).

Deixe seu comentário