OUTROS DESTAQUES
Convergência
Nova realidade da mídia: gatekeeper dá lugar a detentor de plataforma
quarta-feira, 11 de novembro de 2009 , 18h55 | POR SAMUEL POSSEBON, DE NOVA DELI, ÍNDIA

O indiano Shekhar Kapur é produtor em Bollywood (a gigantesca indústria de cinema indiana), diretor de cinema em Hollywood (dirigiu o filme "Elizabeth"), ator e consultor para a área de mídia. Ele participou do evento Accenture Global Convergence Forum 2009, que acontece esta semana em Nova Deli, Índia, e que discute as principais tendências de inovação nos mercados de mídia e telecomunicações.
Kapur fez um discurso provocativo em relação ao predomínio da mídia tradicional. "Hoje, tudo é conteúdo. Facebook é conteúdo. Cada nova plataforma tem seu novo modelo de distribuição", ressaltou, para lembrar que o principal fenômeno da era da inovação digital, no seu ponto de vista, foi o fim da figura do "gatekeeper" (empresas que decidiam o que seria distribuído) e o surgimento da figura do "platformer", que são as empresas que provêem as plataformas nas quais os usuários decidem o que será distribuído. "É o mundo finito versus o mundo infinito. Ninguém mais decide pelo usuário. Empresas de plataformas hoje, como as empresas de telecomunicações e portais como o Google até evitam se colocar como empresas de conteúdo, mas elas são".
Ele lembra que existe um cenário cada vez mais próximo em que as pessoas estarão conectadas permanentemente e então as funções de todas as empresas se misturarão. "Produtores e consumidores serão, no final, uma coisa só". Nesse cenário, diz ele, é um grande desafio (e talve uma perda de tempo) ficar pensando como será a propriedade intelectual. "Não dá para saber antes de ver o comportamento das pessoas".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top