Minicom autoriza desoneração de smartphones da Xiaomi

O Ministério das Comunicações aprovou a proposta da Xiaomi do Brasil de atendimento do pacote mínimo de aplicativos desenvolvidos no País. Com isso, a empresa chinesa poderá vender seus smartphones com isenção do PIS/Pasep e Cofins, desde que produzidos no Brasil.

Ao todo, serão 75 apps embarcados nos smartphones da empresa ou disponibilizados por meio de guias de instalação (wizards), quando da configuração inicial do aparelho ou disponibilizados por meio de aplicação dedicada, embarcada, que conterá, em destaque, uma lista atualizável por meio da Internet com hiperlinks para download e instalação dos aplicativos.

A "Apple chinesa" começou a vender seus aparelhos no Brasil neste mês de julho com grande sucesso. O smartphone intermediário da companhia, Redmi 2, custa menos de R$ 500, bem abaixo do limite do preço de aparelhos que podem ser beneficiados com a desoneração, que é de R$ 1,5 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.