Huawei aumenta receitas em 32% em 2016

A Huawei aumentou a receita anual global em 32% no ano passado, totalizando US$ 75,1 bilhões, de acordo com balanço financeiro divulgado pela empresa nesta sexta-feira, 31. O lucro líquido da empresa ficou praticamente estável, crescendo 0,4% no ano e totalizando US$ 5,335 bilhões. Com US$ 6,842 bilhões, o lucro operacional avançou 3,8%. Os investimentos em pesquisa e desenvolvimento totalizaram US$ 11 bilhões no período.

A área de Carrier (operadoras) gerou receita de US$ 41,8 bilhões, um avanço de 24%. Segundo a fornecedora chinesa, esse aumento aconteceu em decorrência do foco em "transformação digital e novas oportunidades em nuvem, vídeo e Internet das Coisas". Por sua vez, a área de handsets gerou uma receita de US$ 25,9 bilhões, crescimento de 44%. Durante o ano passado, a companhia fabricou 139 milhões de smartphones. Já para o segmento Enterprise, a receita foi de US$ 5,9 bilhões, um aumento de 47%. A empresa também alega que a "transformação digital" de verticais no período foi a responsável pelo desempenho.

A distribuição regional das receitas continua primariamente local: a China é responsável por 45,3% do total, e ainda avançando 41% em relação a 2015. A empresa diz que o desempenho foi decorrência da implantação de rede LTE e crescimento sustentável com smartphones. A segunda maior área é a Europa e Oriente Médio, responsável por 30% das receitas e tendo avançado 22,5% no período. As Américas tiveram o pior desempenho no ano, mas ainda assim, cresceram 13,3% e atualmente são 8,5% do total da Huawei.

Em comunicado à imprensa, a CFO da fornecedora, Sabrina Meng, destacou que a companhia fechou 2016 com "resultado financeiro saudável, incluindo um fluxo de caixa estável das atividades operacionais e um eficiente controle de riscos". Apesar da declaração, o fluxo de caixa de atividades operacionais caiu 5,9% e totalizou US$ 5,335 bilhões.

Meng afirma que, para 2017, espera priorizar a estratégia de controle de riscos e controle de fluxo de caixa. "Avançaremos com os projetos de transformação da gestão para nos prepararmos melhor para o futuro e continuarmos a melhorar a eficiência de nossas operações para garantir o crescimento sustentável", declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.