Concurso dará US$ 10 milhões para quem criar o melhor dispositivo de M-health

Quem assistiu ao seriado de ficção científica Star Trek deve se lembrar de um aparelho portátil chamado "tricorder", capaz de "escanear" o corpo de uma pessoa e registrar uma série de dados biométricos, assim como diagnosticar doenças. O que era fantasia talvez se torne realidade, graças a uma iniciativa da Xprize Foundation, financiada pela Qualcomm. Trata-se de um concurso que dará um prêmio de US$ 10 milhões para quem fizer um "tricorder" de verdade em um prazo de três anos e meio, contados desde já. Pelas regras do concurso, o vencedor precisa ser capaz de diagnosticar corretamente 15 diferentes doenças em um grupo de 15 a 30 pessoas em um prazo de 30 dias. O diagnóstico precisa ser obtido pelo paciente, e facilmente compreensível por este, sem a ajuda de qualquer médico ou assistente de saúde. "Queremos um device para o consumidor, não para o médico. Existe um déficit de médicos hoje em dia, mesmo nos EUA", explica Peter Diamandis, CEO da Xprize Foundation.

O concurso, batizado de Qualcomm Tricorder Xprize, foi anunciado no começo do ano e já conta com 196 equipe pré-inscritas. Um conjunto de regras iniciais foi publicado há alguns meses para consulta pública, que dura até 30 de junho. Em seguida será publicada a versão final.

Corrida espacial

A Xprize Foundation é a mesma que promoveu alguns anos atrás um concurso para incentivar o primeiro voo espacial da iniciativa privada, cujo vencedor recebeu um prêmio de US$ 10 milhões e acabou originando a empresa de turismo espacial de Richard Branson, fundador da Virgin. "Nossa ideia é revolucionar através da competição", disse Diamandis.

Entre os concursos em andamento, há um para se criar o primeiro robô da iniciativa privada que vá até a Lua e envie vídeos e fotos para a Terra, que ganhará um prêmio de US$ 10 milhões bancado pelo Google. Outro, chamado "Nokia Sensing Xchallenge", visa estimular a invenção de novos sensores biométricos e pagará um prêmio de US$ 2,25 milhões para a melhor criação.

Diamandis participou nesta quinta-feira, 28, do Uplinq 2012, em San Diego.

*O jornalista viajou a convite da Qualcomm.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.