NIC.br instalará mais 15 PTTs no Brasil

Uma parceria entre a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) e o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) pretende identificar 15 novas localidades para pontos de troca de tráfego (PTTs) no País. Segundo informou a associação nesta quinta, 27, o critério utilizado será a proximidade com empresas que sejam sistemas autônomos (AS, na sigla em inglês) e que estejam a um raio de até 80 km do PTT.

O diretor de projetos do NIC.br e do IX.br (antigo PTT.br), Milton Kaoru, será levada em conta também a ideia de fazer uma melhor distribuição geográfica dos pontos. "Necessita também, além de AS, a quantidade de fibra, número de casas atendidas e se o pessoal tem interesse em um PTT", declarou ele a este noticiário após congresso na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo.

Kaoru diz ainda que a instalação dos 15 novos PTTs dependerá de critérios técnicos e econômicos. "Algumas cidades pequenas pleiteiam a instalação, mas não têm potencial (de atender a mais requisições de troca de tráfego)", disse. Atualmente, o País conta com 25 PTTs.

Marca histórica

PTT do IX.br passa a marca de 1 Tbps em agosto. Foto: Reprodução
PTT do IX.br passa a marca de 1 Tbps em agosto. Foto: Reprodução

O NIC.br comemorou nesta semana ter ultrapassado a marca de 1 Tbps de tráfego no conjunto de PTTs brasileiros. O pico foi registrado na segunda-feira. "Estamos muito contentes porque é provavelmente o PTT que mais cresce no mundo, crescemos 100% ao ano", declarou Kaoru. Segundo ele, o tráfego registrou 600 Gbps em 2014, e a previsão para até o final do ano é de pelo menos 1,2 Tbps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.