Cidades-sede da Copa precisarão de 9 mil licenças para instalação de antenas

Para cobrir as cidades-sede da Copa do Mundo 2014, as operadoras de telefonia móvel vão precisar de 9.566 licenças para a instalação de novas antenas. A informação é do SindiTelebrasil, entidade que representa as empresas do setor.

Esta previsão deve-se à necessidade de cobrir com 4G os municípios onde haverá jogos da Copa do Mundo. Segundo a entidade, a previsão inicial é que as operadoras tenham que instalar aproximadamente 30 ERBs por dia para atender às exigências da Anatel.

De acordo com o SindiTelebrasil, o planejamento das teles revela que a cidade que mais exigirá antenas será São Paulo, com 2.784. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 1.723, seguido de Brasília, com 954. Depois aparecem Porto Alegre (665), Curitiba (652), Belo Horizonte (642), Salvador (564), Recife (490), Fortaleza (441), Manaus (271), Cuiabá (215) e Natal (165).

E, justamente por conta da necessidade iminente de instalação dos equipamentos, a entidade voltou a cobrar a criação de uma legislação que amenize os problemas encontrados pelas empresas para construir infraestrutura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.