Economia defende retomada de debate sobre conflito de neutralidade de rede e 5G

Foto: Pixabay

Para a Secretaria de Acompanhamento Econômico (SEAE) do Ministério da Economia, uma nova discussão sobre o conceito de neutralidade de rede deve ser realizada em paralelo a chegada do 5G no Brasil. A justificativa seria garantir a viabilidade jurídica de redes privadas e do fatiamento de rede (network slicing).

A provocação foi feita nesta terça-feira, 22, pelo secretário da SEAE, Geanluca Lorenzon, durante o debate no Painel Telebrasil 2020. "É importante estudarmos uma eventual revisão do conceito de neutralidade de rede, para que tenhamos certeza que a definição brasileira não vai atrapalhar novos modelos como carros autônomos, cirurgias à distância, entre outros. Temos que estudar essa discussão", afirmou.

No mesmo debate, a retomada da discussão foi defendida pelo vice-presidente de assuntos regulatórios e institucionais da TIM, Mario Girasole. "O 5G vai ter grande capability de conseguir dedicar recursos necessários a serviços, via network slicing. A neutralidade de rede como está hoje nas normas brasileiras é incompatível com isso. Temos que encontrar uma nova fonte normativa que por um lado permita garantir viés de competição e não discriminação, mas por outro lado não seja entrave para uso da tecnologia".

Notícias relacionadas

Marco Civil

Instituída pelo Marco Civil da Internet, a neutralidade de rede é constantemente colocada por players de telecom como um possível entrave a serviços dedicados, uma vez que a prática poderia ser considerada uma discriminação de tráfego, o que fere a legislação.

O entendimento, contudo, não é consensual. Como pontuou TELETIME em junho, visões conflitantes sobre o tema existem mesmo dentro da Anatel. Enquanto alguns representantes da agência acreditam que é necessário observar a abordagem de outros países para subsidiar uma decisão sobre o tema, há também quem avalie que o slicing seria equivalente aos níveis de qualidade de serviços (ou SLAs) já permitidos atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.