Publicidade
Início Newsletter Cresce número de pessoas que usam carrier billing, aponta pesquisa

Cresce número de pessoas que usam carrier billing, aponta pesquisa

[Do Mobile Time] Cada vez mais as pessoas estão usando carrier billing (faturamento via operadora, em tradução livre) para pagar contas e comprar produtos e serviços. A conclusão é da nona edição da Pesquisa de consumo de pagamentos móveis 2023, realizada pelo MEF (Mobile Ecosystem Forum). Se ano passado um terço dos entrevistados nunca tinham usado a solução de pagamento com o billing das operadoras móveis, neste ano o número caiu para um quinto.

Entre aqueles que usam a conta da operadora para pagar por outros itens, 20% o fazem para a aquisição de apps que exigem um pagamento para o seu download; 18%, para assinatura de aplicações de conteúdo, como Netflix e Spotify; e 18%, para estacionamento ou outros serviços de compra de tíquetes.

A Índia tomou a primeira posição da China quando o assunto é pagamento de serviço e produtos via conta da operadora e o Japão acelera, ficando em segundo lugar, junto com a China.

Notícias relacionadas

Por idade, as pessoas acima de 55 anos são as que menos usam o carrier billing. Em todas as faixas etárias, há uma distribuição mais uniforme de popularidade entre os diferentes tipos de compras. Os tipos de serviços mais populares são os aplicativos móveis que exigem um pagamento único, que agora supera a compra de bens/serviços de uma loja online, vencedor do ano passado.

Embora a segurança tenha sido historicamente o fator menos importante na escolha da faturação móvel, a sua relevância está crescendo constantemente. Este ano, 31% dos usuários citam isso como fator motivador.

Renda

Ao longo das nove pesquisas sobre o tema já realizadas pelo MEF, vê-se uma tendência de que, à medida que o rendimento aumenta, os usuários têm maior probabilidade de pagar pelos serviços via carrier billing. Esta tendência está se dissipando, uma vez que há uma distribuição mais homogênea entre as faixas de renda vista neste último estudo.

Ainda assim, quase 90% dos usuários de alta renda pagam por alguns serviços por meio da conta de celular, o mesmo resultado da pesquisa de 2022. Apesar de a diferença entre os grupos estar diminuindo, ainda há 24% de usuários no grupo de rendimentos mais baixos que nunca utilizam a conta telefônica, sinalizando que há mais a ser feito.

Por que usar carrier billing?

Para 42%, a comodidade é o principal motivo para usar a fatura da conta de telefone celular. Em seguida, é a velocidade (38%) e a segurança (31%). Os estudos do MEF apontam que os usuários do iOS buscaram o carrier billing por conveniência. O motivo tem aumentado constantemente como fator de motivação para usuários do Android ao longo dos anos e agora finalmente alcançou o iOS.

E segurança continua sendo uma motivação um pouco mais para os usuários do Android do que para o iOS. Entre as preocupações sobre pagamentos móveis está o roubo de dados de pagamento (39%), autorização de pagamento sem a permissão do cliente (37%); assinatura de um serviço que não se deu conta (33%); excesso de gasto sem se dar conta (32%); conta superfaturada de forma incorreta ou cobranças demasiadas na conta (30%).

A 9ª edição da pesquisa sobre consumo em pagamentos móveis 2023 do MEF ouviu 8,45 mil usuários de smartphones de 13 países. Foram entrevistadas 650 pessoas nos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Brasil, Canadá, China, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Itália, Japão, México e Inglaterra.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile