Vrio, controladora da Sky, é vendida para Grupo Werthein da Argentina

A Vrio, subsidiária da AT&T que controla as operações de TV paga da empresa na América Latina, incluindo a Sky, foi vendida para o grupo empresarial argentino Werthein. Para a venda, a AT&T avaliou a Vrio e seus ativos pelo valor de US$ 4,6 bilhões, incluindo ajustes cambiais acumulados de US$ 2,1 bilhões, mas não estão públicas as condições da transação, que deve ser concluída apenas em 2022. Mais detalhes devem ser conhecidos no dia 22, com a divulgação do balanço da AT&T.

A operação inclui ainda a DirecTV Go e as participações da Vrio na empresa Torneos y Competencias e WIN Sports da Colômbia, além das operações de TV paga no Brasil, Argentina, Barbados, Chile, Colômbia, Curaçao, Equador, Peru, Trinidad e Tobago e Uruguai, que somam pouco mais de 10 milhões de assinantes de TV paga. Os ativos como uplink center e satélites também estão incluídos na operação.

O grupo Werthein já atuou no mercado de telecomunicações, entrando de sócios da Telecom Argentina em 2003 ao lado da Telecom Italia e da France Telecom. Assumiram o controle do grupo depois de uma complexa negociação com a Telecom Italia, mas em 2017 saíram do negócio. Também foram sócios da operadora de TV a cabo argentina Multicanal nos anos 90 (depois fundida com a Cablevisión).

Notícias relacionadas

Segundo o comunicado oficial, a empresa não pretende fazer grandes alterações estratégicas nas empresas hoje controladas pela Vrio. "Nossa visão de futuro é maximizar essas marcas líderes de entretenimento na América Latina, mantendo sua liderança e aumentando sua proposta de valor, investindo em tecnologia e conteúdo alinhados aos hábitos de audiência dos assinantes, incluindo a próxima geração de consumidores", disse Dario Werthein, acionista do grupo.

5 COMENTÁRIOS

  1. Todo relógio parado acaba mostrando a hora certa em algum momento. Pois agora, finalmente, a decisão regulatória sobre a relação entre Warner e Sky estará correta.

    • esse relógio esta atrasado pois a carreta dos streamings passou por cima das tvs por assinatura
      o rombo de 4 bilhones é gigantesco

      • a sky ainda tem tempo , eles tem um ótimo produto , só falta abrir os olhos e entender que não estamos mais nos ano 90 , todos já sabemos os preços da sky hoje são abusivos , os streaming´s estão aí pra provar que é possível vender mais por menos e ter sucesso , uma revisão nessa política de preços e a sky volta a crescer ( se souber vender o skyplay qye eu acho um ótimo produto ) , caso contrário estará fadada a quebrar , infelizmente , palavras de um cliente a mais de uma década , kkkkk .

Deixe um comentário para Gustavo Gindre Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.